A SpaceX começou a anunciar um novo serviço de comunicações que vai permitir usar a rede de satélites da empresa para suportar comunicações móveis em terra, a partir de smartphones 4G comuns.

O plano para lançar este Starlink Direct to Connect já tinha sido anunciado pela empresa de Elon Musk há alguns meses e na altura foi apresentado como uma parceria com a T-Mobile. A demora na obtenção das autorizações regulatórias necessárias e no acesso a espectro podem ter sido a razão para atrasar os planos, mas agora a SpaceX parece ter já um calendário bem definido.

A empresa adianta que, em 2024, o serviço de comunicações por satélite para telemóveis que a Starlink vai fornecer poderá ser usado para enviar e receber mensagens de texto. Em 2025 passará a suportar também comunicações de voz, dados e com dispositivos IoT.

Para as mensagens de texto esse não será um fator tão relevante, já para outras comunicações de dados, este tipo de serviços terá a desvantagem, face a uma rede móvel normal, de não conseguir assegurar grandes velocidades. Em compensação, terá uma cobertura superior à de qualquer rede móvel, como a SpaceX explica no site.

"O Direct to Cell funciona com telemóveis LTE existentes onde quer que se veja o céu. Não são necessárias alterações ao hardware, firmware ou aplicações especiais, proporcionando um acesso contínuo a texto, voz e dados", explica-se. Vai permitir comunicações com um débito entre os 2 e os 4 mbps.

Nos últimos anos, vários projetos têm tentado eliminar as barreiras de hardware e software que se foram mantendo à integração entre comunicações de satélite e comunicações na rede móvel terrestre. A funcionalidade de emergência lançada com o iPhone 14 no ano passado é um resultado desse esforço, assim como vários outros avanços anunciados mais recentemente, até com redes 5G à mistura.

5G via satélite ligou Espanha a zona remota do Havai numa chamada com smartphones convencionais
5G via satélite ligou Espanha a zona remota do Havai numa chamada com smartphones convencionais
Ver artigo

Em setembro foi feita com sucesso a primeira chamada 5G da história para um smartphone normal, usando comunicações de satélite. A experiência juntou a Vodafone à AST SpaceMobile.

Em junho, a AST SpaceMobile já tinha completado com sucesso aquele que disse ser a primeira chamada 4G realizada do espaço para um telemóvel, uma área onde a empresa quer continuar a apostar, com o lançamento de cinco satélites comerciais BlueBird no primeiro trimestre de 2024.

Para lançar este novo serviço, a SpaceX também terá de reforçar a sua constelação com novos satélites. Estes novos satélites estarão equipados com um modem avançado eNodeB, que vai funcionar como uma torre de comunicações móveis no espaço e comunicar com outros pontos de ligação à rede, da mesma forma que nas comunicações em roaming.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.