Um estudo ibérico efectuado no segundo semestre do ano passado, pela CPP, mostra que o telemóvel se converteu no equipamento ideal para quem quer evitar conversar com um interlocutor indesejado. Os números compilados pela empresa de serviços em life assistance concluem que 67 por cento dos portugueses adoptam a estratégia de utilizar o telemóvel para evitar o contacto com certas pessoas, mais sete por cento do que os espanhóis.



Muitos inquiridos confirmaram já ter desligado o telemóvel a meio de uma conversa, atribuindo a quebra da chamada à perda de sinal. Esta resposta foi mais comum entre os espanhóis (54 por cento), embora o número de respostas afirmativas entre portugueses também tenha sido significativo (46 por cento).



Os números demonstram ainda que 15 por cento dos utilizadores espanhóis afirmaram que já imitaram ruídos do elevador ou de transportes para evitar conversar com alguém "menos desejado", uma estratégia utilizada por apenas quatro por cento dos utilizadores nacionais.



Peter Hall, Gestor de Produto Internacional do plano de protecção de telemóveis Phonesafe da CPP, refere em comunicado que o telemóvel mudou a forma como os utilizadores comunicam entre si, salientando que o dispositivo "mudou consideravelmente os canais de comunicação", já que "escrever cartas e postais passou à história, agora a moda é escrever SMS, que podem ser enviados a qualquer momento e a partir de quase todos os locais".



Na mesma linha das afirmações do responsável, os dados revelam que a maioria dos portugueses (71 por cento) não escrevem uma carta há anos e 53 por cento envia SMS, ao invés de postais, na época das férias. Em cada dez utilizadores, oito afirmam enviar votos de boas festas ou de feliz aniversário por mensagem escrita.



Estes valores superam os registados no mercado espanhol, onde 55 por cento dos inquiridos continua a escrever cartas e apenas 36 por cento desejam boas festas por SMS.



Peter Hall comenta esta análise salientando o impacto do telemóvel na mudança de hábitos dos utilizadores, recordando a utilização do equipamento para funções tão distintas como as de "calendário, despertador, máquina fotográfica, reprodutor de música e videojogos".

Notícias Relacionadas:

2007-02-14 - Telemóveis com câmara ganham terreno no mercado da fotografia digital


2007-01-25 - Vendas de telemóveis ultrapassam os mil milhões de unidades em 2006

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.