A partir de hoje os clientes da Vodafone poderão contar com um novo serviço de comunicações para o segmento doméstico que inclui soluções de voz e de Internet de banda larga. A entrada da empresa neste segmento já estava prevista e vem juntar-se à gama de soluções que oferece uma alternativa à rede fixa.



Inicialmente, o Vodafone Casa inclui três serviços, designadamente, o TØ Voz, T1 Net e o T2 Voz+Net. A primeira solução, que visa a substituição do telefone de casa, não tem qualquer tipo de assinatura, sendo que, para usufruir do serviço de comunicação por voz, os utilizadores terão apenas de pagar uma mensalidade de 12,5 euros que inclui 10 horas mensais de conversações para qualquer número da rede fixa nacional, independentemente da hora a que as chamadas forem efectuadas. Depois de serem ultrapassadas as horas "oferecidas" pela operadora, os utilizadores terão de pagar 2,5 cêntimos por minuto.



O preço das chamadas para a rede móvel fixa-se nos 14 cêntimos por minuto, para a Vodafone, e 19 cêntimos para as restantes operadoras.



A solução TØ utiliza a rede celular no acesso à casa e atribui a numeração da rede fixa "em função da morada de utilização e apenas funciona no domicílio", diz a operadora em comunicado.



Contudo, existe um serviço adicional para aqueles que efectuam um grande volume de chamadas para a "rede 91", o TØ+1 Voz, que, "para além de todas as características do TØ Voz, oferece chamadas a 0 cêntimos desde o primeiro minuto para a rede móvel da Vodafone nas noites de 2ª a 6ª feira", comunica a operadora. Este serviço tem uma mensalidade de 14,9 euros por mês, durante a campanha promocional, que decorre até ao final deste ano.



Internet também conta
Para os utilizadores de Internet o Vodafone Casa inclui o serviço T1 Net, cuja instalação é apoiada no Vodafone Internet Connect Box, com ligação USB, e que permite velocidades de 640 Kbps e 3,6 Mbps. Esta solução pode ser instalada em qualquer tipo de computador e pode ser utilizada em qualquer local. Contudo, o T1 Net está direccionado para a "utilização numa só morada" embora também permita a "utilização sem restrições geográficas mediante o pagamento adicional de um euro por cada dia de utilização fora da morada da activação" a acrescentar aos 22,5 euros de mensalidade fixa do serviço, para a oferta de 640Kbps e 29,9 euros para a versão de 3,6 Mbps.



Por fim, o T2 Voz+Net, inclui todos os serviços TØ Voz e T1 Net, sendo a solução para quem pretende telefone e Internet em casa. Desta forma, se os utilizadores escolherem o pacote de comunicação de voz TØ e Internet de 640 Kbps, deverão pagar 35 euros por mês, enquanto que a solução TØ combinada com acesso de banda larga de 3,6 Mbps tem uma mensalidade de 39,9 euros. Por sua vez, quem optar pela solução TØ+1 Voz e Internet de 640 Kbps, terá de pagar 35 euros por mês, até ao final do ano - depois passa a 39,9 euros -, e, para a mesma oferta combinada com acesso à rede de 3,6 Mbps a mensalidade fixa-se nos 42,5 por mês, passando a partir de Janeiro a custar 47,5 euros.



A Vodafone admite que, numa segunda fase, serão lançados novos serviços, todos direccionados para o mercado residencial, sendo esta uma aposta para o "alargamento da estratégia [...] a novas áreas de actuação no mercado das telecomunicações, assume a operadora na nota de imprensa.



Recorde-se que, na semana passada, a TMN lançou o Casa T, um serviço que permite que os clientes particulares da operadora usem o seu telemóvel para fazer chamadas gratuitas a partir de casa.

Notícias Relacionadas:

2006-10-18 - Vodafone avança com novos serviços para pequenas e médias empresas

2006-10-17 - Casa T da TMN oferece chamadas feitas a partir de casa

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.