O Parlamento Europeu vai atrasar a votação da nova legislação comunitária para as tarifas de roaming. O adiamento, já confirmado pelo organismo europeu, deve-se à falta de consenso entre Estados-membros e Comissão Europeia relativamente às reduções de preço a aplicar.



A votação plenária da proposta da Comissão Europeia no Parlamento Europeu estava agendada para o próximo dia 10 de Maio, mas ficará agora adiada para uma data ainda a determinar, mas que poderá fixar-se na semana de 21 de Maio, avança a Reuters citando um membro do PE.



Recorde-se que a Comissão Europeia pretendia fazer aprovar a nova legislação ainda este mês, para que entrasse em vigor a tempo do período de férias de verão dos europeus, que desta forma já beneficiariam dos novos preços.



Na reunião de ontem, onde a proposta legislativa voltou a ser discutida com os Estados-membros, voltou a não ser possível ultrapassar as divergência relativamente ao tecto de preços que será imposto aos operadores e à mudança automática dos clientes para o novo regime tarifário.



Esta última questão coloca-se já que vários operadores, depois de conhecerem os planos de corte nas tarifa de roaming da CE, avançaram por iniciativa própria com novos pacotes de preços para as chamadas internacionais, que agora reclamam mais competitivos que a proposta europeia.



Notícias Relacionadas:

2007-04-12 - Corte nas tarifas de roaming votado e aprovado no Parlamento Europeu

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.