À espera de terminais e do desenvolvimento da tecnologia de terceira geração móvel, a Xfera Móviles, a operadora móvel espanhola que tem a participação da Vivendi e da Sonera além de outros grupos espanhóis, decidiu suspender o seu projecto até meados de 2003.


A decisão terá sido tomada ontem na sequência do reconhecimento pela administração de que não iria conseguir a autorização do Governo Espanhol para operar uma rede de comunicações móveis com tecnologia GSM até o UMTS estar disponível.



As licenças para a tecnologia UMTS em Espanha foram das primeiras a ser atribuídas na Europa e a data prevista para o início da comercialização dos serviços era Agosto de 2000. Porém, os atrasos verificados na estabilização da tecnologia e na entrega de equipamentos obrigaram o Governo Espanhol a adiar as datas, que agora estão marcadas para Agosto de 2002. Isto apesar dos operadores reclamarem que não será possível comercializar serviços antes dos primeiros meses de 2003.



O braço de ferro mantido com o Governo Espanhol poderia ser uma alternativa para manter a Xfera a operar até aquela data, desde que esta pudesse ter acesso a uma rede GSM. Mas, apesar do parecer da Comissão de Mercado das Telecomunicações (CMT) ter sido positivo quanto a um acordo com a Airtel para utilizar a rede desse operador GSM, a administração da Xfera considerou que o negócio não seria viável sem estabelecer uma infraestrutura própria, o que o Governo não admite.



Até 2003 a Xfera fica assim limitada a testes de tecnologia. De acordo com um comunicado da empresa, citado por vários órgãos de comunicação social, a Xfera vai concentrar-se nos próximos meses em vigiar a evolução do mercado e os desenvolvimentos tecnológicos até que possa iniciar a sua actividade económica.


Por isso, a empresa vai dispensar a quase totalidade dos seus funcionários dedicados ao desenvolvimento da rede e à área comercial, além de fazer também limitações noutras áreas. O objectivo é manter apenas perto de 25 por cento dos seus 600 funcionários, segundo fontes próximas da operadora citadas pelo Expansion Directo. Os números finais deverão ser revelados após o próximo conselho de administração que se realiza a 31 de Outubro.

Notícias Relacionadas:

2001-10-15 - Ministério da Ciência e Tecnologia espanhol contesta decisão da CMT

2001-01-04 - Comissão para as Telecomunicações espanhola propõe 6 operadoras móveis

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.