A Yahoo!, uma das
maiores companhias de Internet do mundo, está a considerar entrar este ano no mercado europeu de fornecimento de acesso à Internet, revelou Mark Opzoomer, director geral da unidade de negócios europeia da companhia à agência
Reuters numa entrevista.

Segundo a Opzoomer, a estratégia da Yahoo! consiste em estabelecer até
ao final do ano parcerias com vários ISPs já existentes, de forma a que a unidade europeia volte a dar lucro e reduza a sua dependência da publicidade online que, segundo a companhia, não terá grande futuro. Contudo, não adiantou mais detalhes sobre quais os países que a Yahoo! tem em vista ou se a empresa pretende implementar ofertas de
banda larga ou estreita - por dial-up.

Tendo em conta as margens de lucro consideravelmente elevadas que o
acesso por banda larga representa, os analistas estimam que a companhia deverá evitar a opção pela banda estreita. Nos Estados Unidos, a Yahoo! tem vindo a converter com êxito os seus milhões de visitantes em clientes pagantes por produtos e serviços como espaço adicional para armazenamento de email, anúncios
pessoais e de emprego.

O plano da empresa é implementar esses mesmos serviços premium na
Europa, refere Opzoomer, talvez ainda durante o primeiro semestre de 2003. No ano passado, a Yahoo! estabeleceu uma parceria com a SBC Communications para disponibilizarem serviços de
banda larga nos Estados Unidos. Opzoomer perspectiva que possam ocorrer acordos semelhantes na Europa.

Mas os analistas esperam que a Yahoo! venha a enfrentar vários desafios no seu esforço para entrar no mercado europeu, dado que as operadoras incumbentes de telecomunicações constituem uma forte concorrência. O ISP francês Wanadoo, uma divisão dFrance Telecom, e
a T-Online da Deutsche Telekom dominam
os
seus mercados nacionais.

Para além das empresas europeias, a unidade de Internet da AOL Time Warner
gastou
vários milhares de milhões de dólares a desenvolver o seu negócio de
fornecimento de acesso à Internet na Europa, esperando atinja o
break-even no próximo ano. Recentemente, a Microsoft anunciou que
estava a preparar acordos com ISPs europeus para distribuir o seu
browser por
subscrição MSN 8. Em
Novembro, assinou com o grupo da BT, do Reino Unidos, que irá comercializar o produto
para os
seus clientes de banda larga.

Notícias Relacionadas:
2003-01-17 - Yahoo!
planeia alargar serviço de banda-larga a todo o território dos Estados
Unidos

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.