A Novabase apresentou resultados anuais há precisamente uma semana. A atividade da empresa no mercado internacional gerou um terço da faturação do ano, um valor que este ano aumentará.



Luís Paulo Salvado explica as apostas da tecnológica fora de Portugal, fala na venda de negócios na área da televisão e das expectativas de negócio para o mercado interno ao longo deste ano.

[caption]Luís Paulo Salvado[/caption]

TeK: A Novabase prevê para 2014 mais um avanço na relevância dos negócios internacionais para a atividade do grupo? Que áreas e mercados vão contribuir mais para esse crescimento do negócio fora de Portugal?

Luís Salvado:
O reforço da internacionalização vai continuar a ser a nossa maior aposta estratégica. O negócio internacional fez a Novabase regressar ao crescimento em 2013 e representou já mais de 1/3 do volume de negócios total. Temos hoje escritórios abertos em vários países da Europa, Médio Oriente e África, bem como projetos a decorrer em mais de 40 países envolvendo colaboradores de 17 nacionalidades distintas. Este ano contamos abrir operações em mais 3 países: Reino Unido, Turquia e Gana.

TeK: A atividade doméstica tem sido penalizada pelo abrandamento económico. Alguns sinais indicam que 2014 poderá já ser um ano diferente, essa é uma expectativa que também está contida nas previsões da Novabase para este ano?

Luís Salvado: A nossa estratégia para Portugal é a manutenção da nossa posição de líderes e, tal como o negócio do IT não está a crescer, também não contamos que isso aconteça para a Novabase.

TeK: A venda das participações na área da pay-Tv, como explicaram, resultou de uma reavaliação na orientação de investimentos na Novabase Capital. Isso significa que a Novabase terá mais espaço para investir em novas áreas através deste instrumento? Quais são as prioritárias?
Luís Salvado:
Esta operação foi o culminar do plano estabelecido para a incubação do negócio de Digital TV/SIP (soluções de System-in-Package) na área de Venture Capital. Os recursos libertados serão aplicados para desenvolver e internacionalizar o negócio core da Novabase.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Cristina A. Ferreira

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.