A Agência Europeia para a cibersegurança emitiu uma nota onde defende medidas urgentes para prevenir e evitar ataques informáticos como os que têm sido noticiadas nos últimos tempos.



Os ataques aos quais a ENISA se refere são os que foram reportados pelas empresas de segurança nas últimas semanas, ações sofisticadas dirigidas a governos e grandes organizações que, mesmo tirando partido de técnicas antigas e conhecidas, têm conseguido ser bem-sucedidos nos seus objetivos.



Para preveni-los ou evitá-los, a ENISA defende que as organizações devem fazer mais e sublinha que há medidas simples a serem descuradas: o email é inseguro e pode ser a porta de entrada de várias ameaças, nota a agência.



Para a ENISA as organizações devem ainda apostar mais na prevenção e ter em conta que a correção atempada de vulnerabilidades é essencial. A agência também diz que é preciso olhar para soluções de comunicações mais seguras.



Sem grandes detalhes novos, a comunicação da ENISA recupera argumentos que as empresas de segurança também vêm sublinhando e que a própria agência já destacou noutras ocasiões.



O documento de três páginas tem, no entanto, a vantagem de fazer a ligação direta para um conjunto de documentos, nomeadamente os relatórios de segurança que nos últimos tempos revelaram notícias sobre ataques, o que pode ser útil para quem ter acesso mais informação sobre o tema. Faz também a ligação para o documento que detalha a estratégia europeia para a cibersegurança, recentemente publicado.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.