O Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) e a multinacional francesa Altran avançam hoje, segunda-feira, com uma academia de reconversão de competências tecnológicas no IEFP de Vila Nova de Gaia. A iniciativa, que surge no âmbito do projeto Academias Altran, quer formar pessoas que procuram um desafio profissional diferente.

A academia de reconversão de competências irá focar-se nas áreas de desenvolvimento de software, comportamentais e linguística e as formações serão dadas tanto por profissionais do IEFP como por colaboradores da Altran Portugal.

Ricardo Machado, diretor de Recursos Humanos da Altran Portugal, refere que “através deste projeto, queremos ajudar a formar novos profissionais para áreas tecnológicas com grande procura e elevado potencial de crescimento no mercado, nomeadamente nos vários projetos de clientes da Altran”.

Para a direção do Centro de Emprego e Formação Profissional de Vila Nova de Gaia, o desemprego qualificado e as dificuldades de colocação de profissionais em diversos e diferentes sectores de atividade ligados às tecnologias terá sido o mote para a criação de  um “percurso de Vida Ativa com Formação Prática em Contexto de Trabalho, capaz de reconfigurar um conjunto desempregados que irão no futuro integrar as equipas e os diferentes projetos desta entidade em franca e acelerada expansão”.

“O Centro de Emprego e Formação Profissional de Vila Nova de Gaia, em articulação com a ALTRAN, desenhou um percurso formativo com vista à reconversão profissional de um conjunto de inscritos à procura de emprego provenientes de diversas áreas de formação e/ou experiências profissionais, com competências chave adaptáveis ao trabalho no domínio da informática", esclarece em comunicado, referindo que "muitos deles autodidatas, todos sensíveis e disponíveis para encontrar um novo rumo profissional".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.