Numa mensagem enviada aos programadores, a fundação assume os “planos para acabar com o suporte [do sistema operativo] para smartphones, depois do lançamento da versão 2.6 do Firefox OS”. Na mesma nota, explica que “isto significa que o Firefox OS para smartphones não continuará a beneficiar do envolvimento de uma equipa a partir de maio”.  

A Mozilla também detalha que em consequência desta decisão, já a partir de 29 de março, deixa de aceitar aplicações para Android, tablet e desktop na sua loja. Todas as aplicações que não suportem o Firefox OS serão removidas a partir da mesma altura.

Quem ainda estiver a trabalhar em aplicações para Firefox OS fica a saber que pode publicá-las na plataforma até 2017. A data concreta para o fim desta possibilidade ainda está por definir.

A fundação acrescenta que a decisão de descontinuar o sistema operativo se deve ao facto de a plataforma nunca ter conseguido despertar a atenção nem de clientes, nem de fabricantes e admite-se que o produto possa ser usado noutros formatos. A organização também explica que o abandono do sistema operativo é uma forma de recentrar recursos em áreas onde possa obter melhores resultados e ser mais inovadora.   

 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.