A empresa japonesa lançou o seu programa de aceleração de startups em nove países europeus, nos quais se inclui Portugal. Criada em 2015 no Japão a iniciativa Fujitsu Aceelerator quer impulsionar a transformação digital, disponibilizando às novas empresas tecnológicas uma forma de aceder a oportunidades de mercado e evoluir para um ambiente empresarial.

Na fase inicial do Europe Aceelerator a Fujitsu, em associação com a Get in The Ring, uma rede global de organizações na área da inovação, está à procura de 24 startups para parcerias. As empresas devem pertencer ao setor público, aos dos serviços financeiros ou ao do retalho, sendo especializadas em áreas tecnologias como Inteligência Artificial, análise de dados ou ferramentas de interação digital.

As empresas tecnológicas escolhidas serão incorporadas em soluções existentes após uma adequação das suas soluções aos desafios dos negócios digitais. Para Pascal Huijbers, CTO da Fujitsu na Europa Ocidental, em comunicado à empresa, “as startups são uma grande fonte de inspiração, mas geralmente não têm escala para permitir um uso empresarial alargado”, no entanto, os Digital Transformation Centers podem ser uma forma de “fazer a ponte entre startups e empresas”.

A Fujitsu vai também lançar na edição de 2019 da Web Summit, em Lisboa, o Innovation Challenge onde empresas parceiras do Fujitsu Accelerator vão apresentar novas ideias tecnológicas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.