A eficiência é uma das áreas onde a Google está a trabalhar com mais empenho para fazer evoluir o seu browser. Com a atualização mais recente, o Chrome foi melhorado para ajudar a aumentar a vida das baterias, nos próximos upgrades a linha de prioridades mantém-se, o que pode ser importante para alargar o leque de utilizadores do software.


Peter Kasting, engenheiro senior da Google, revelou no Google+ que a companhia tem vindo a trabalhar para alterar a forma como o browser renderiza os separadores que o utilizadores tem abertos mas não está a utilizar. Graças a essa alteração conseguirá melhorias importantes, que se irão refletir na capacidade de processamento exigida e na autonomia dos equipamentos.



Hoje em dia, o browser da Google está definido para tratar todos os separadores da mesma forma, seja o separador que o utilizar está a usar em determinado momento, seja qualquer um dos que estão em background. A ordem de prioridades passará a ser diferente, o que se vai reduzir o número de ações e a capacidade processamento alocada para gerir estes separadores em segundo plano até 50%, admite a Google.


Nos portáteis da Apple, as exigências ao nível da capacidade de processamento e o impacto na autonomia dos dispositivos têm sido desvantagens competitivas face ao "produto da casa", o Safari.



A Google acredita que estas melhorias, ainda sem data para serem lançadas, podem modificar a situação.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.