Entre tanta informação disponível online nem sempre é possível acompanhar toda a atualidade de forma próxima, e a voragem noticiosa acaba por captar cada vez mais tempo, deixando para o final do dia ou o fim de semana as leituras mais demoradas.

O problema é manter essa informação indexada de forma fácil, rapidamente acessível e qualificada segundo temas ou níveis de interesse. Quantas vezes lhe aconteceu perder o rasto a um artigo que queria mesmo ler, ou um vídeo que pensou ver mais tarde, num local com maior largura de banda ou rede Wi-Fi?

O crescente peso dos smartphones e tablets nos hábitos de navegação web faz com que algumas ferramentas "do antigamente" para guardar links que seriam úteis mais tarde tenham sido arrumadas a um canto em favor de novas aplicações que simplificam o processo e o tornam mais apelativo.

Algumas das ferramentas tradicionais já fizeram mesmo a transição para o novo modelo, como o Digg Reader ou o Delicious, criando aplicações que juntam os "marcadores" escolhidos pelos internautas e os guardam num perfil que pode ser partilhado por terceiros.

É mesmo por estas duas ferramentas que começamos uma ronda de sugestões mais adequadas para quem já relegou o browser de PC para segundo plano e optou pelos smartphones e tablets como janela principal de navegação Web.

O Digg é uma das mais antigas ferramentas de descoberta de notícias e juntou-se recentemente à lista de aplicações do iOS e Android, com apps gratuitas que juntam as principais notícias numa mesma página, mas que também servem para fazer download do conteúdo quando está ao alcance de uma rede Wi-Fi, permitindo a sua leitura sem consumo de dados enquanto viaja até ao trabalho. Esta ferramenta, o Paperboy, é uma das funcionalidades adicionadas, onde se conta também a possibilidade de conversão do texto em voz com o Voice Over.

[caption]Nome imagem[/caption]

O Delicious percorreu um caminho semelhante depois de ter figurado na lista dos sites mais famosos quando ainda usava um nome mais particionado (Del.icio.us). A app para iOS tem a mesma filosofia de guardar os links, mas obriga na mesma ao download de conteúdos no momento da leitura…

Mais eficiente em guardar toda a informação, o Pocket
- que antes se chamava Read It Latter - é um dos mais capazes na congregação de vários tipos de informação, texto ou vídeos, para visualização mais tarde.
Como vantagem adicional fica a possibilidade de fazer a sincronização entre diversos dispositivos com a mesma conta.

Está disponível para iOS, iPhone e iPad, e também para Android, e é gratuita.

[caption]Nome imagem[/caption]

A lógica do Instapaper é semelhante, juntando um modo de pesquisa por palavra que pode ajudar a seguir um tema, partilhando depois links nas redes sociais.

A aplicação permite guardar até 500 artigos no dispositivo móvel ou um número ilimitado no website, mas quem quiser usar esta ferramenta tem de pagar 3,59 euros na versão para iOS ou 2,41 euros para Android.

[caption]Nome imagem[/caption]

Se já usa o Evernote para guardar as suas notas e sincronizá-las online já conhece a ferramenta Clearly que recorre a uma versão mais escorreita das páginas web, com textos guardados diretamente a partir dos sites onde são identificadas, em conjunto com o Evernote Web Clipper. Esta ferramenta trabalha com os principais browsers e pode ser descarregada aqui, mas está garantida a sincronização com o Evernote para telemóveis.
O download do Evernote é gratuito para iOS e Android.

[caption]Nome imagem[/caption]

Há outras alternativas pelo mundo das lojas de aplicações, mas para já ficamos por estas. Mas se quiser pode usar a caixa de comentários abaixo para deixar outras recomendações úteis.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.