Os números da IDC mais recentes mostram que o mercado português de PCs tem assistido a uma quebra gradual das vendas, num cenário que não se deverá alterar nos próximos meses, mesmo com a aproximação do Natal, época por excelência de maior consumo, "informático" ou não.

Os portáteis continuam a representar a maior fatia do mercado de PCs (83%), deixando para trás o "velhinho" formato desktop, que no trimestre entre Abril e Junho sofreu uma descida na procura de 29,9% face ao mesmo período do ano anterior, vendendo apenas 36,7 mil unidades.

A atração pela mobilidade e a diversidade de formatos neste segmento parecem estar a relegar ao esquecimento o chamado "computador de secretária.

O fenómeno também pode ser ajudado pela falta de capacidade financeira, que atualmente impede a maior parte das famílias de investir em duas máquinas, optando-se por aquela que tanto fica bem na mesa do escritório como na mala.

Mesmo que a ideia de ter um "computador por partes" não lhe agrade à partida, estando numa situação em que necessita de comprar um PC, não faz mal considerar todas as hipóteses, até porque pode deparar-se com "argumentos de peso".

Portabilidade à parte, o conceito evoluiu e, apesar de continuarem a ocupar mais espaço do que os seus "rivais", hoje os desktop estão longe do "volume" apresentado há uns anos atrás, havendo inclusive soluções all in one e touch.

A seleção de hoje centrou-se no fator preço, tão importante nos dias que correm, e nomeadamente numa altura de gastos elevados como a do regresso às aulas.

Depois de lhe termos apresentado opções de compra em conta no segmento dos portáteis, fica uma amostra dos desktop mais baratos à venda nas principais lojas de informática, passando pelas várias marcas.

HP G5405PT - 429 euros

Começamos por sugerir-lhe um modelo da marca líder de mercado no segmento, a HP. O HP G5405PT tem processador AMD Athlon II X2 260, memória de 4 GB, disco rígido SATA de 1TB e a NVIDIA GeForce 6150 SE (até 1,87 GB) como placa gráfica. O preço é de 429 euros, tanto na Box do Jumbo como na Staples.

[caption][/caption]

Compaq Pavilion SG3-350PT - 399 euros

Por menos de 400 euros (399 euros), a partir da Worten, tem à disposição o modelo Pavilion SG3-350PT, sob a sigla Compaq, que oferece processador AMD Athlon II X2 245 a 2.9GHz, 4GB de memória , disco SATA de 750GB e placa ATI Radeon HD 3000.

Tsunami Woop 40W-15 - 349 euros

Baixando um pouco mais o preço (mas também a capacidade do disco) pode considerar, por exemplo o Tsunami Woop 40W-15, da JP Sá Couto.

[caption][/caption]

O computador oferece processador Intel Pentium Dual Core E5700 a 3.0GHz, 2GB DDR2 800
de memória e 500GB de capacidade de armazenamento num disco SATA 2. Está à venda na CHIP7 por 349 euros.

Acer eMachines EL1850 - 269 euros

Tal como nos portáteis, a Acer é uma das marcas que vai encontrar em quase todas as lojas e com preços entre os mais em conta. Aliás, a fabricante tem mesmo o modelo mais barato encontrado nas nossas pesquisas, o eMachines EL1850, que neste momento pode ser comprado na Worten por 269 euros.

[caption][/caption]

Em troca, "oferecem-se" processadores Intel Celeron 450 - 2,20GHz, 3GB DDR3 de memória, 320GB de disco SATA e placa gráfica Intel X4500.

Estes são apenas alguns dos modelos de desktop com preços abaixo dos 450 euros que vai poder encontrar no mercado, e cujo custo vai variando consoante as características oferecidas.

Uma última referência para sublinhar que nenhum dos computadores sugeridos inclui ecrã, um custo que terá de adicionar para fazer contas ao preço final…





Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.