A começar o ano civil, os fãs de tecnologia já se habituaram a que a CES marque a agenda das apresentações de alguns dos produtos de electrónica de consumo que depois vamos vendo chegar às lojas ao longo dos meses. Este ano não foi diferente e a mostra que ontem terminou dará "pano para mangas" em termos de novidades, mais ou menos úteis.

O TeK tem destacado alguns dos anúncios mais importantes, tendo feito uma antecipação com algumas das novidades reveladas antes da CES começar e da integração do Skype nos televisores da Panasonic e da LG, acompanhando as novidades da Xbox e da linha de produtos da Microsoft, assim como tablets que também surgiram na apresentação da gigante do software. Também o Nexus One, que foi apresentado fora dos terrenos da CES, embora dominasse as atenções esta semana, mereceu honras de destaque.

Entre os mais de 20 mil novos produtos apresentados em Las Vegas, muitos acabaram por não receber a atenção devida e por isso, hoje, já no rescaldo da feira, damos espaço a alguns dos que ficaram fora dos holofotes, no meios de tantos computadores, telemóveis, televisores, kits para automóveis e acessórios...

O primeiro é um pequeno dispositivo da 3M que não recebeu grande destaque mas tem capacidade para se projectar. O MPro150 aposta na fusão entre vários dispositivos de bolso, mais virado para utilizadores profissionais, associando o leitor de MP3 a um projector de bolso que permite visualizar de forma mais cómoda vídeos e documentos que estão guardados na memória de 1 GByte do dispositivo e que são projectados com uma dimensão que chega às 50 polegadas.

[caption]Nome da imagem[/caption]

O dispositivo só estará disponível para encomenda no próximo mês e tem um preço de venda a público estimado à volta dos 400 dólares.

[caption]alex[/caption]
Na área da leitura, e para além do eBook QUE que já tinhamos referido ainda antes da CES começar, a Spring Design mostrou alguma diferenciação com o Alex, um leitor baseado em Android que tem dois ecrãs e permite navegar na Internet sem perder de vista a página que está a ler, o que pode facilitar a procura de referências cruzadas.

O ecrã do leitor de eBooks tem 6 polegadas e tecnologia de papel digital, enquanto o segundo ecrã é um LCD a cores de 3,5 polegadas - semelhante ao tamanho apresentado por grande parte dos smartphones.

O Alex vai estar à venda no site da empresa a partir de 22 de Fevereiro e o preço ronda também ps 400 dólares.

Se ler, ouvir música, ver documentos e telefonar são algumas das funcionalidades normais associadas à utilização de um smartphohne, o mesmo não se pode dizer de conduzir um helicóptero. Mas a Parrot já tem uma proposta neste sentido...

[caption]Nome da imagem[/caption]
O AR.Drone é um pequeno helicóptero de brinquedo que pode ser controlado a partir do ecrã do iPhone ou do iPod Touch, recebendo as instruções através de Wi-Fi e enviando para o equipamento as imagens do sítio por onde passa.

O preço não foi divulgado mas temos de confessar que este gadget recebeu atenção q.b., sobretudo porque apela à criatividade de muitas "crianças grandes".

Entre as muitas propostas de acessórios para smartphones, a da MobiValet é uma das mais lowtech, mas não deixa de ser útil. A empresa propõe na CES umas pequenas bolsas para colocar no carro e nunca deixar de ter o telemóvel à mão... mas não conte com ligações para carregar, ao sistema de som do carro ou quaisquer outros!

[caption]mobivalet[/caption]

[caption]carregador de parede[/caption]Mais avançada, a série InCharge da XtremeMac tem um portfólio para carregamentos "domésticos" de bateria que inclui um adaptador de parede e carregamentos para vários dispositivos USB em simultâneo. Só estará à venda nos Estados Unidos, pelo menos para já, e o preço não ultrapassa os 40 dólares.

Utilizando a tecnologia dos cartões SIM, a Lok8u associou-se à T-Mobile e fez algum show-off na feira com a "apresentação" de um sistema que a Europa já tem há muito tempo, e que aqui é usado na localização de pessoas, especialmente crianças, através da combinação dos sinais de GPS e GSM.
[caption]localizadores[/caption]

Colocados nos relógios (em versão menino e menina) o localizadores têm um preço que se aproxima dos 200 dólares.

Estes são apenas alguns dos "gadgets esquecidos" na grande feira e do rol das apresentações, demonstrações e press-releases poderiamos retirar muito mais propostas úteis ou fúteis. Mas também é verdade que alguns deles estiveram longe dos holofotes pelas melhores razões...

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.