Lançada recentemente, a plataforma foi criada para ajudar a envolver os alunos com conteúdos que fazem parte do currículo do ensino secundário, em áreas como a matemática, mas não só. 

Os conteúdos multimédia que demonstram o funcionamento das redes móveis aplicam conteúdos de Matemática A, Física ou Química. Como exemplificam os promotores, no que se refere à Matemática A, os alunos podem usar o Mobile Lab para aplicar e testar conhecimentos nas áreas da estatística, trigonometria, probabilidades ou funções, por exemplo. No domínio da Física e Química A, os exemplos práticos ajudam a descodificar conceitos como os de Ondas Eletromagnéticas, Fibras Óticas, Digitalização e Bandas de Frequência.
O Mobile Lab foi desenvolvido pela Vodafone, numa parceria com o INOV-INESC, a Direção-Geral da Educação e a Direção-Geral da Saúde. Tem como destinatário alunos e professores, com uma área reservada a estes últimos, onde estão disponíveis sugestões de exercícios.
O lançamento do site acontece um ano depois do arranque de um piloto que envolveu quatro escolas: Escola Secundária Daniel Sampaio, em Almada; Escola Secundária António Damásio e Escola Secundária Braamcamp Freire, em Lisboa; e a Escola Secundária Fontes Pereira de Melo, no Porto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.