Self-reflection on Effective Learning by Fostering the use of Innovative Educational, é desta forma que se desdobra a sigla SELFIE, uma das 11 iniciativas do Plano de Ação para a Educação Digital apresentado pela Comissão Europeia em janeiro deste ano, destinado a incentivar as competências digitais na Europa e apoiar a utilização inovadora das tecnologias.

Mais especificamente, a SELFIE é apresentada como uma nova ferramenta destinada a ajudar todas as escolas da UE, bem como da Rússia, da Geórgia e da Sérvia, a avaliarem a forma como utilizam as tecnologias digitais para o ensino e a aprendizagem.

A Comissão explica que, quando uma escola decide utilizar a SELFIE, os seus alunos, os dirigentes escolares e os professores são convidados a refletirem sobre uma série de breves afirmações destinadas a avaliar se as tecnologias são utilizadas no ensino e na aprendizagem.

A ferramenta é modular e as escolas podem escolher entre uma série de afirmações facultativas e adicionar um máximo de oito perguntas personalizadas, de acordo com as respetivas necessidades e prioridades. Este processo demora entre 20 e 30 minutos a completar. Em seguida, a escola recebe um relatório específico com os resultados.

O relatório escolar da SELFIE pode depois ser utilizado para um diálogo ao nível da comunidade escolar, a fim de definir medidas para melhorar a utilização das tecnologias digitais tendo em vista uma melhor aprendizagem. Tais medidas podem incluir, por exemplo, uma formação específica para os professores ou o apoio aos alunos sobre questões como a segurança online.

A SELFIE vai ser oferecida a 76,7 milhões de alunos e professores em 250.000 escolas, numa base voluntária, estando atualmente disponível em 24 línguas da UE, com a previsão de disponibilização posterior em mais versões.

Está previsto que a Comissão elabore materiais de apoio para as escolas, a fim de as ajudar a tomar as medidas necessárias para melhorarem a utilização das tecnologias digitais depois de terem preenchido o questionário da SELFIE.

No ano passado tinha sido testada uma versão inicial desta ferramenta com 650 escolas de 14 países. Este projeto-piloto permitiu recolher 67.000 comentários sobre a forma de simplificar e melhorar a ferramenta, um contributo que foi integrado na versão agora lançada.

A partir do site da SELFIE é disponibilizada toda a informação sobre a iniciativa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.