As inscrições já estão abertas e decorrem até 20 de fevereiro, desafiando programadores, inovadores e empreendedores que queiram desenvolver novas soluções, ferramentas ou software inovador no Building the Future Hackathon 2022. Este ano o mote é um futuro mais ecológico, com energias de baixo consumo de carbono que possam reduzir a pegada ambiental.

O Hackaton segue na linha do Building The Future, que decorreu em janeiro, e esta edição é patrocinada pela Galp, através da sua plataforma de inovação aberta, a Upcoming Energies e conta com a parceria da Microsoft e da InnoEnergy, construção da imatch e apoio da TAIKAI.

Os prémios para os melhores projetos valem 5 mil euros, com 3 mil euros entregue ao vencedor e 1,5 mil euros e 500 euros para o 2º e 3º lugar na competição.

Os desafios propostos são na área de baterias de veículos elétricos, financiamento da transição energética, encontrar os melhore locais para comunidades solares, soluções alternativas de energia solar fotovoltaica e otimização de Postos de Abastecimento de Hidrogénio.

Os participantes podem organizar-se em equipas, com um máximo de 5 elementos, e identificar a área onde querem apresentar a sua solução. Na primeira fase, as equipas têm até dia 6 de março para escolher o desafio e desenhar uma primeira conceção do projeto, definindo o problema, a proposta de valor, a solução, a tecnologia e os membros da equipa.

A organização explica que as 10 melhores propostas passam à fase de desenvolvimento e recebem créditos do Microsoft Azure para desenvolver o protótipo até dia 27 de março. Há ainda espaço para um pitch da  solução perante o júri da iniciativa, que vai selecionar os cinco finalistas cujos projetos são submetidos ao voto do público até 7 de abril.

As inscrições estão abertas na plataforma da TAIKAI.

hackaton Building the future low carbon

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.