Apesar do Coronavírus estar a causar grandes prejuízos na economia mundial, levando ao cancelamento de eventos e apresentando cada vez mais vítimas e infetados em diversos países, há, ironicamente, um lado positivo na infeção. A China tornou-se um país menos poluente nestes primeiros meses do ano, desde que se iniciou o surto.

A NASA e a Agência Espacial Europeia divulgaram imagens de satélite de monitorização de poluição, destacando a diminuição de Dióxido de Nitrogénio desde o final de dezembro de 2019. Para mostrar essa diminuição, foram divulgadas imagens de três períodos de 2019 comparadas com 2020, nomeadamente entre o início de janeiro e fim de fevereiro.

tek site do dia

Nota-se que no final de fevereiro de 2019 os níveis de concentração de NO2 chegavam aos 500 micromoles por metro quadrado, enquanto que no mesmo período em 2020 o volume estava abaixo dos 100. De acordo com os cientistas da NASA, a redução de NO2 observou-se primeiro na área de Wuhan, o centro do surto, mas depois expandiu-se por todo o país.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.