Atrás do talento, há sempre uma parte provavelmente aborrecida para a maioria dos artistas ou designers que utilizam programas para edição de vídeo ou fotografia. Ao longo dos anos têm sido desenvolvidas ferramentas que facilitam as ações mais repetitivas para preparar as imagens, até que os artistas possam intervir criativamente nos projetos. É na automatização de tarefas que a inteligência pode intervir.

Nova tecnologia da Adobe transfere automaticamente o estilo de uma foto para outra
Nova tecnologia da Adobe transfere automaticamente o estilo de uma foto para outra
Ver artigo

Segundo a Adobe, através da responsável pela inteligência artificial da plataforma, Tatiana Mejia, os criativos não temem o perigo que a tecnologia possa tomar na automatização ou colocar em causa os seus empregos, sendo substituídos pela IA. Os sistemas de machine learning irão ser um ponto positivo nas tarefas aborrecidas, e sem qualquer criatividade. E é nesse sentido que entram plataformas como o Adobe Sensei, para automatizar diversas tarefas do dia a dia dos artistas e designers.

Como o Verge adianta, as ferramentas que os artistas mais pedem são aquelas que permitem o “corte e costura” das imagens, para rapidamente se retirar elementos dispensáveis das fotografias, e sobretudo vídeos. A IA poderá servir para encontrar rapidamente imagens temáticas ou com elementos que os designers necessitem, criando sistemas de indexação avançada e outras ferramentas de produtividade. Um exemplo é pegar numa imagem de um cão a saltar para uma piscina e a IA criar etiquetas de indexação automáticas, identificando o animal, a água, a piscina, a ação, a raça, as cores, entre outros elementos identificáveis.

E mesmo as formas que os artistas vão desenhando podem sugerir fotografias semelhantes, no reconhecimento dos pequenos sketches. Isso poderá beneficiar os designers quando procuram um objeto numa determinada posição, por exemplo, invés de avançarem pela base de dados, desenham rapidamente o que pretendem e esperam pelos resultados.

Quando se trabalha em vídeo, muitas edições implicam mexer frame a frame, como por exemplo, a coloração. A IA pode compreender os padrões e replicar nas frames seguintes, especialmente quando se trabalha em animação. Esta automatização vai acelerar o processo repetitivo de coloração, oferecendo novas oportunidades para experimentação. Segundo o testemunho de alguns artistas sobre o assunto, os estúdios de animação começaram a investir fortemente na aplicação da IA na coloração.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.