O ransomware é um dos tipos de malware em maior ascensão na internet graças à popularidade que tem ganho junto dos hackers. A lógica por detrás desta ameaça assemelha-se a um rapto, daí a designação – ransom é resgate em inglês. Quando um ataque é perpetrado com recurso a esta técnica, o malware bloqueia um ficheiro, vários ou todo o sistema e só permite recuperar o acesso mediante o pagamento de uma determinada quantia, a enviar para a conta do atacante.

O esquema parece ser ouro sobre azul para os criminosos cibernéticos, mas a Kaspersky, a Europol e a Intel querem impedir as vítimas destes ataques de continuarem a financiar cibercriminosos. As três entidades uniram esforços para criar o portal "No More Ransom", que disponibiliza os serviços de um "Crypto Sheriff" para ajudar a resgatar os seus ficheiros sem ter de pagar um cêntimo sequer.

O site permite que os utilizadores carreguem os ficheiros bloqueados na página, que dispõe de várias ferramentas de desencriptação capazes de auxiliar as vítimas a eliminarem o ransomware dos seus equipamentos.

Essa é a maior funcionalidade do nomoreransom.org, mas, além disso, pode também consultar algumas dicas de prevenção e reportar crimes cibernéticos.

[caption][/caption]

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.