Foi recentemente anunciado que a rede social das fotos por excelência vai passar a ordenar as publicações por relevância e abandonar a ordem cronológica, tal como acontece atualmente no Facebook. E tal como acontece no Facebook, a ideia não agradou a alguns - que decidiram organizar uma petição online para pedir que a futura versão não chegue a acontecer. 

A campanha chama-se Keep Instagram Chronological e foi lançada há uns dias através do site Change.org com o objetivo de reunir as assinaturas de 300 mil utilizadores do Instagram. De momento ultrapassa os 218 mil.

A futura disposição é justificada pelos responsáveis do Instagram com o interesse dos utilizadores, a probabilidade deles se interessarem pelo conteúdo publicado, o relacionamento com a pessoa que publica a imagem e o momento em que a foto ou o vídeo é publicado.

Os promotores da campanha consideram que as mudanças teão impacto negativo não apenas para os utilizadores comuns, mas também para as pessoas que usam a plataforma com fins profissionais, como artistas e pequenos negócios ou outras comunidades.

Além das assinaturas, há também a hashtag #KeepInstagramChronological e a #ripinstagram a circularem.

[caption][/caption]

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.