[caption][/caption]

A iniciativa Alliance for Affordable Internet (A4AI) foi lançada em outubro e mereceu na altura uma notícia no TeK, mas os 50 membros da aliança, que inclui a GSMA, têm vindo a desenvolver o projeto, que vale a pena ser revisitado.

Embora a ideia seja alargar a utilização da Internet através de mudanças nas políticas regulatórias, uma expressão que normalmente indica manobras de influência demoradas e nem sempre muito eficientes, algumas áreas estão a avançar mais rapidamente, nomeadamente a aposta em smartphones.

O objetivo é usar dispositivos de baixo custo para chegar a países em vias de desenvolvimento, como a Etiópia, onde apenas 20% dos cidadãos têm uma subscrição de telemóvel, ou a India, onde o número não ultrapassa ainda os 28%.

A disponibilização de redes móveis em zonas rurais é outra das áreas de intervenção, mas sempre com o cuidado de tornar as tarifas mais acessíveis.

Segundo dados de um relatório recente da A4AI mostra que mesmo em países onde grande parte da população sobrevive com menos de dois dólares por dia as tarifas de acesso móvel à Internet são mais caras do que nos países desenvolvidos, chegando a 48% desse valor na Colômbia e a 35% na Zâmbia.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.