Esta é a proposta da Ancestry: o utilizador abdica de uma amostra do seu próprio ADN, e a empresa mostra-lhe a que é que soa a sua genealogia. A empresa estabeleceu uma parceria com o Spotify, e é graças a esse acordo que vai criar playlists personalizadas com base na herança genética dos consumidores.

Base de dados de ADN pode ter novas regras em breve para acelerar obtenção de registos
Base de dados de ADN pode ter novas regras em breve para acelerar obtenção de registos
Ver artigo

A Ancestry é uma marca especializada hereditariedade, que promete dar-lhe a conhecer as suas origens mais profundas com um teste biotecnológico ao seu ADN. No entanto, esta playlist é um extra que a empresa está a oferecer no âmbito dos seus serviços de genética.

As sugestões musicais são dadas de acordo com a região de onde provêm os seus antepassados, pelo que se for verificado que tem raízes em África, acabará por receber uma playlist com música popular naquele continente.

Apesar de ser uma forma criativa de explorar os seus antepassados, há que ter alguma cautela antes de remeter amostras de ADN para empresas como a Ancestry. Note que, nas políticas de funcionamento, a empresa solicita aos utilizadores que confiram direitos parciais sob o seu próprio ADN, para que este possa ser utilizado noutras experiências.

Pode ver todas as condições de utilização no site.

tek ancestry

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.