Black Friday é o tópico que atualmente domina as mensagens de email, as campanhas publicitárias e as montras das lojas. A versão portuguesa deste famoso evento internacional continua a ser alvo de muitas críticas, nomeadamente porque está longe de ser tão generosa nas promoções como a sua homóloga norte-americana.

No entanto, os números não mentem: este ano, mais de metade dos portugueses (63%) pondera fazer compras na Black Friday, e deste total, 64% dos consumidores admitem optar pelas lojas online. Vestuário e calçado (56%), tecnologia (49%) e perfumes e cosmética (24%) são os principais produtos eleitos pelos portugueses nesta época, mas a lista é cada vez mais variada e já inclui eletrodomésticos, brinquedos e até viagens.

O KuantoKusta estima que os portugueses poderão poupar mais de 15 milhões de euros na Black Friday 2019, mais 3 milhões de euros que o ano passado, mas nesta época “nem tudo o que reluz é ouro”. Os consumidores têm que estar atentos a negócios pouco legítimos, fiáveis ou sequer compensadores, e às muitas fraudes e esquemas que aproveitam esta época para chegarem mais rapidamente às pessoas.

Na nossa galeria confira alguns produtos tecnológicos que pode ter debaixo de olho durante esta época de "saldos", onde incluímos televisões, smartphones, produtos Apple, portáteis, eletrodomésticos e gadgets.

Eis algumas boas práticas que deve seguir para sobreviver e aproveitar ao máximo os reais benefícios oferecidos pela Black Friday:

Verifique o histórico de preços

Um dos esquemas mais frequente é a falsa promoção. A ferramenta da Deco Comparar Preços regista a evolução dos preços dos produtos nas lojas online ao longo dos últimos dias, e indica se esta é, ou não, uma boa compra. Se já anda “de olho” num produto há algum tempo, certifique-se que a promoção foi efetuada sobre o seu preço real.

Compare preços

Um desconto de 40% é certamente mais atrativo que um de 20%, mas na verdade, tudo depende do preço base original. Compare preços entre várias lojas através de sites como o KuantoKusta, ou mesmo dos sites das marcas/lojas.

Conheça as políticas das lojas

Qualquer produto adquirido online pode ser devolvido num prazo de 14 dias, mas se a compra for feita numa loja física as regras são diferentes. Informe-se sempre sobre a política de trocas e devoluções neste período de promoções. Para ajudar os consumidores a conhecerem os seus direitos, a União Europeia lançou, em parceria com a Deco Proteste, a Iniciativa YourEUright – Estás no teu Direito.

Cuidado com as vendas falsas

Quando um negócio parece ser bom demais para ser verdade, desconfie. Nesta época surgem inúmeras lojas fictícias, espaços que vendem produtos de baixa qualidade, com defeito, contrafeitos e pirateados. Verifique se a loja é de confiança, confirme os métodos de pagamento e as características. Pode ainda consultar o Portal da Queixa ou a opinião de terceiros sobre a loja em questão e respetiva experiência de compra.

Pagamentos em segurança

O cartão de crédito, a referência Multibanco e o PayPal são os métodos de pagamento mais usados nas lojas online. Existem outras alternativas, mas nem todas elas são as mais seguras. Evite pagar por transferência bancária ou recorrer a um método de pagamento que desconhece. Nunca forneça dados confidenciais ou pessoais como resposta a mensagens de correio eletrónico ou via SMS, mesmo que a origem aparente ser legítima, e nunca adicione à sua conta bancária um número de telemóvel que não é o seu.

Cuidados com os links

Durante o período da Black Friday recebemos dezenas de mensagens no telefone ou por email sobre campanhas específicas e ofertas irresistíveis. Tudo o que temos de fazer é seguir o link. Nunca clique num link sem confirmar que o email é legítimo sob pena de desencadear um ataque de phishing e de comprometer os seus dados, os seus equipamentos ou mesmo a rede da sua empresa.

Evite comprar através de equipamentos partilhados

Todos nós deixamos uma pegada digital por onde passamos. Alguns dos dados são inofensivos, outros são demasiado pessoais para serem partilhados. Evite fazer compras em computadores de bibliotecas, cafés ou outros estabelecimentos, evite usá-los para realizar compras online.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.