Dar início a um "percurso" nos canais de vídeo online requer esforço, dedicação e tempo disponível para fazer experiências a todos os níveis, em busca dos primeiros resultados com potencial e capazes de atrair seguidores. E talvez os tempos de férias sejam propícios aos primeiros passos na atividade, até porque são sinónimo de momentos mais interessantes e que podem ser registados em vídeo.

É verdade que todos os aspectos contam, tal como o equipamento utilizado e a lógica de storytelling que pode servir de guia aos seus vídeos, mas mais importante ainda é o conteúdo produzido, que se divide entre as imagens propriamente ditas e, de seguida, o modo como são conjugadas num "pacote" final.

Já lhe trouxemos recentemente algumas sugestões no que diz respeito a câmaras e microfones adequados para quem quer dar início às atividade de criador de conteúdos em vídeo para o YouTube. Contudo, ultrapassada a fase da captação de imagens, que requer bastante treino e processos de tentativa/erro, chega depois o momento de "misturar" da melhor forma os seus takes. E, neste ponto, uma solução imediata pode ser começar com recursos de edição que garantam resultados rápidos e aceitáveis, sem que isso implique gastos extra.

Ou seja, o processo de edição não pode servir de "desculpa" para os seus vídeos ficarem esquecidos na "nuvem" ou num cartão de memória. Nesse sentido, já efetivamente recursos que podemos usar para criar vídeos de forma automática e rápida, sendo possível ajustar todos os conteúdos no final em busca de resultados interessantes sem grande esforço.

Pelo meio podemos ainda recorrer a efeitos, músicas, elementos de texto e vários outros itens a adicionar ao vídeo. No entanto, tal como nos processos de edição mais complexos, morosos e elaborados, lembre-se que a imaginação e originalidade são fórmulas vencedoras.

Tempo é igual a qualidades nos resultados?

Basicamente, a qualidade final dos seus vídeos será quase sempre proporcional ao tempo que dedica a todo o processo de produção, com especial foco na edição. Para começar a partilhar com o mundo os seus bons conteúdos, vai ter, no entanto, de começar por algum lado. E aí será normal notar qualidade efetiva somente ao fim de algum tempo de trabalho...

Desta forma, as sugestões que avançamos na galeria acima estão divididas em três grupos distintos: primeiro, as apps móveis gratuitas que podem ser uma solução rápida para "tirar da cartola" uma aceitável montagem com os seus vídeos de férias.

Depois, os programas para Windows/MacOS que pode instalar no seu computador sem custos associados e para o mesmo efeito. Por fim, encontra neste conjunto de sugestões os programas de edição de vídeo pelos quais terá de pagar. Em troca leva um generoso lote de efeitos, funcionalidades e possibilidades de exportação extra.

Assim fica perfeitamente equipado para conseguir criar os seus "mixes" de vídeo deste verão. Deixamos dois conselhos, contudo: dedique tempo à seleção de vídeos entre tudo o que captou com o smartphone e com a câmara, pois a fase de escolha do material que entra demora por vezes tanto tempo quando a edição propriamente dita; e dê atenção à banda sonora, já que este factor faz toda a diferença na atribuição de ritmo ao seu vídeo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.