Já ninguém tem dúvidas de que as aplicações e conteúdos são um dos factores de sucesso para os smartphones e os tablets. Por muitas aplicações que já tragam pré-carregadas, os utilizadores querem cada vez mais personalizar a sua experiência e o interesse por aplicações mais ou menos úteis tem vindo a aumentar exponencialmente.

A Microsoft está a tentar recuperar terreno perdido também nesta área com o Windows Phone 7 e uma política de incentivo aos programadores para desenvolverem aplicações que não se limitem ao "trabalho", aproveitando o novo estatuto de lazer da plataforma.

Ainda longe dos números atingidos na plataforma do iPhone e até no Android Market, as aplicações grátis e pagas suportadas no Marketplace da Microsoft aumentam todos os dias, depois de passarem pelo crivo de testes que a empresa impõe.

Curiosamente só ontem a empresa abriu de facto o processo de submissão de aplicações através do seu App Hub, garantindo que a certificação demora entre 3 a 5 dias. Uma abertura um pouco tardia que penaliza a comparação de números...

Mas o que interessa realmente é o utilizador, e as aplicações de que já pode usufruir. Para que ninguém tenha dúvidas a Microsoft tem online uma série de tutoriais passo a passo sobre como aceder ao Marketplace e descarregar as aplicações. O processo de pagamento também é explicado, mas por enquanto pode passar à frente deste procedimento...

Em Portugal os donos dos novos smartphones ainda não podem descarregar aplicações, um dos limites impostos pelo facto de não existir ainda uma versão localizada da plataforma para território nacional. Pode é recorrer-se ao "truque" de usar um Live ID onde se define como país de origem o Reino Unido, Espanha ou outro território onde o serviço esteja a funcionar.

Não poderá comprar aplicações - a menos que tenha um cartão de crédito com morada nesse país - mas pode experimentar as aplicações gratuitas, e há muito a descobrir para diversão e produtividade entre as ferramentas grátis.

Ainda esta semana a Microsoft e a Cardmobil anunciaram que a aplicação desta empresa que propõe a conjugação de cartões de descontos no telemóvel era a primeira aplicação certificada para Windows Phone 7.

[caption]cardmobili[/caption]

Disponível gratuitamente, a aplicação da Cardmobili permite gerir virtualmente cartões de cliente, de associado, de pontos e descontos, no Windows Phone 7, à semelhança do que já fazia para iPhone, BlackBerry, Android e Vodafone 360.

Uma demonstração da funcionalidade pode ser vista neste vídeo preparado pela empresa:

Outras empresas nacionais estão já a desenvolver para a plataforma, mas a Microsoft não quer ainda adiantar nomes antes da certificação dos produtos...

Na verdade, a oferta acaba por ser muitas vezes independente da "origem" dos conteúdos e aplicações. Sobretudo para ligação às redes sociais. E aqui as opções são múltiplas...

Para além da "ligação intensa" do interface do Windows Phone 7 ao Facebook, que agrega os amigos no People Hub e dá ligação directa às suas páginas, o Twitter, o Messenger, o Foursquare e o Flickr estão entre os serviços que rapidamente desenvolveram aplicações especiais para estes novos telefones.

[caption]twitter[/caption]

O mesmo aconteceu com a Amazon, que já tinha um leitor Kindle para outras plataformas e agora junta mais uma porta de entrada para a compra e leitura dos seus livros digitais, assim como a partilha de notas tomadas pelos utilizadores.

[caption]kindle[/caption]

Na lista das aplicações gratuitas que já pode descarregar para o Windows Phone 7 está o Shazam, onde pode navegar entre as músicas e ouvir os 30 segundos grátis, mas ainda sem comprar, devido à ligação ao Zune Pass, que não está disponível no telefone para Portugal.

[caption]Shazam[/caption]

A aplicação do eBay está também entre o top ten das mais descarregadas no Marketplace em alguns países, nomeadamente no Reino Unido, e oferece um acesso rápido e simplificado ao site de leilões, para aquisições extra...

[caption]Nome imagem[/caption]

À lista pode ainda juntar o leitor de PDFs da Adobe, o Adobe Reader. As ferramentas de zoom estão disponíveis para poder aumentar a imagem e torná-la legível. Da colecção de utilitários conte também com o gReader, um leitor Google Reader.

Alguns fabricantes incluem também as suas aplicações especiais já pré-carregadas nos smartphones. A Samsung tem hubs especiais de informação e a LG aposta nas novas funções Play To e Scan Search.

A primeira facilita a transferência wireless de conteúdos com qualidade HD do smartphone para qualquer equipamento ligado na mesma rede e que assegure suporte para o protocolo DLNA, enquanto o Scan Search tira partida da câmara de realidade aumentada integrada no equipamento para garantir o acesso a locais de compras, entretenimento, bancos, entre outras referências úteis.

No caso da HTC a mais valia é garantida pela ligação ao portal HTC Sense, que é comum a todos os telefones desta fabricante mas que permite descarregar aplicações adicionais.

Estes são apenas de alguns dos exemplos, mas com a abertura a novos parceiros é de esperar que os números de aplicações com muita ou pouca utilidade cresçam exponencialmente, mesmo que demorem a chegar aos 300 mil da concorrência...

Fátima Caçador

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.