Nem só de trabalho vive o Homem e os jogos casuais são cada vez mais usados para aproveitar um compasso de espera antes de uma reunião ou de uma consulta, ou como companhia para uma viagem (em transportes públicos).

Mas provavelmente quem não está muito atualizado em relação a este mundo dos mini jogos tem alguma dificuldade em encontrar jogos que juntem um bom grafismo e uma destreza moderada. Sobretudo fora do mundo mais mediático dos Angry Birds ou do Temple Run…

Hoje partimos à descoberta de jogos “indie” que conjuguem estas facetas, e depois de perdermos algum tempo a analisar os mesmos convidamos os leitores a aproveitarem um pouco do tempo de fim de semana para um test drive, partilhando depois aqui também as suas experiências e resultados conquistados….

O Mini Dash é um bom ponto de partida. O desafio é controlar uma pequena e frenética personagem amarela, que apesar da dimensão oferece bastante resistência às muitas cabeçadas que tem de dar para ir superando desafios e caçar os cogumelos que dão pontos. As “sessões” são curtas, mesmo à medida de quem tem pouco tempo e paciência para níveis muito extensos e complicados.




[caption]Mini Dash[/caption]

O jogo pode ser encontrado na Windows Store, no Google Play e App Store, e tem um custo que pode ir de 99 cêntimos na loja da Apple, aos 1,99 euros na loja do Windows, enquanto para Android custa 1,5 euros.

Mas antes de avançar com o download pode experimentar uma versão básica no browser do computador.

Quem gosta de puzzles e plataformas vai gostar do Eyez, onde há um mundo novo para explorar à boleia de Mint, uma rapariga que perdeu a memória. O jogo é mais soft e menos frenético, e só tem vinte níveis, mas garante umas horas de diversão.

Custa 1,99 euros na Windows Store.



[caption]Eyez[/caption]

Pelo design é fácil de perceber que o Rufus and the Magic Mushrooms foi criado a pensar nas crianças e não nos adultos. Mas pelo menos pode sempre alegar que só está a experimentar o jogo antes de o passar às crianças da família…
Simples quanto baste, e fofinho também, o Rufus só pensa em devorar cogumelos… O download do jogo custa 2.99 euros na loja do Windows.



[caption]Rufus [/caption]

Muito mais adulto – aliás é de estranhar que uma criança goste dos cenários e dos desafios – o Contre jour não é propriamente desconhecido dos leitores do TeK, até porque já falámos algumas vezes deste jogo que foi criado como uma plataforma de testes para as potencialidades do Internet Explorer.

Foi no cenário do browser do PC que travámos conhecimento com o apaixonado Petit, com o qual fácil deixar-se envolver também nesta busca para salvar a amada The Rose, mas o jogo também está disponível noutras plataformas.



[caption]Contre jour [/caption]

No iPad e iPhone custa 2,69 euros, e a versão para Android é um pouco mais cara, custa 2,79 euros. Para Windows Phone custa ainda mais : 2,99 euros.

Muito mais calmo ainda, o Quell Reflect é o jogo certo para quem gosta de puzzles e procura um tempo de concentração. Aqui não há bonecos a correr e a superar obstáculos, nem estrelas ou cogumelos para apanhar…



Custa 84 cêntimos no Google Play e vale a pena explorar os 80 jogos.



[caption]Quell Reflect [/caption]

Só um último para acabar a lista, porque não podemos estar toda a tarde nisto (!). Para quem se fartou de cortar fruta com a espada no Fruit Ninja, o Jetpack Joyride é uma boa maneira de recuperar a ação e os movimentos treinados para ajudar o Barry a sobreviver a uma série de experiências.

Está disponível para iPhone and iPad e é grátis.



[caption]Jetpack Joyride[/caption]

Agora é a sua vez de partir para a experimentação dos jogos. E depois partilhar aqui os resultados e impressões.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.