Os tablets dominam o momento e foi por isso que foram tema de estreia para o guia de sugestões informáticas do TeK no regresso às aulas. Mas dizem os peritos que depois do encanto inicial por tais gadgets, os computadores portáteis estão a recuperar terreno.

Segundo um relatório recente da NPD, as vendas de portáteis no segundo trimestre do ano aumentaram pela primeira vez no último ano e meio.

A consultora indica que entre abril e junho terão sido vendidos em todo o mundo 45,1 milhões de computadores portáteis, num crescimento de 1% face ao mesmo período do ano passado, que embora pouco significativo representa uma inversão na tendência, que por outro lado também aponta para um abrandamento relativamente aos tablets.

A escolha do "dispositivo" informático dependerá sempre do propósito com que vai ser usado e no que às tarefas escolares diz respeito, o "computador" é capaz de continuar a justificar o investimento.

Hoje em dia a diversidade é muita, com opções à medida de todas as carteiras. Desta vez decidimos olhar apenas às propostas "portáteis" e estabelecer um intervalo de valores entre os 450 e os 700 euros.

Começamos pelo limite mais baixo.

Em troca de 449 euros neste momento pode comprar um HP 17-F050NP. Com um ecrã de 17,3 polegadas, o modelo oferece processador AMD E1-6010 Dual Core a 1.3Ghz, RAM de 4 GB, disco rígido de 500GB e placa gráfica AMD Radeon R2.

Por 489 euros pode ponderar um ASUS X552LDV-SX949H. Aqui o ecrã é de 15,6 polegadas, o processador um Intel i3-4010U, RAM de 4GB e a capacidade de armazenamento passa para 1TB. Conte com placa gráfica nVidia GT820M.

Mesmo no limite para os 500 euros tem o Toshiba L50D-B-13X, comum ecrã também de 15,6 polegadas, como o Asus anterior, mas com processador AMD A4-6210 Quad-Core, a 1.8GHz. A RAM é de 4GB e o disco rígido de 500GB. A placa gráfica é uma AMD RadeonR5 M230 com 2GB dedicados.



Aumenta o preço, aumentam normalmente as capacidades oferecidas em termos de processador, memória e disco rígido. No limite dos 600 euros temos por isso modelos como o E5-571G-57D9 da Acer, com processador Intel Core i5-4210, 6GB de RAM e 500GB de capacidade de armazenamento. O ecrã leva 15,6 polegadas e a placa gráfica é uma NVIDIA GeForce 840M. O sistema operativo é o Windows 8.1

Igualmente com WIndows 8.1 e pelos mesmos 599 euros pode comprar o X552LDV-SX1004H da Asus. O ecrã tem igual dimensão ao modelo da Acer (15,6 polegadas), assim como RAM (6GB), mas a capacidade do disco rígido passa para 1TB.

O processador é um Intel i5-4210U a 1.7GHz e a placa gráfica é a nVidia GT820M com 1GB dedicados VRAM.



A lógica preço/capacidades oferecidas mantém-se e se tiver 700 euros disponíveis para gastar pode optar pelo ASUS X552LDV-SX752H. Nesse caso teria direito a um portátil com um ecrã de 15,6 polegadas, processador Intel i7-4510U, 8GB de RAM, 1TB de armazenamento e placa gráfica nVidia GT820M.



Se preferir marcas como a Toshiba, pelo mesmo valor tem o L50-B-1JT BR.Se preferir marcas como a Toshiba, pelo mesmo valor é possível comprar o L50-B-1JT BR, com ecrã de 15,6 polegadas, processador Intel Core i5-4210U, 6GB de RAM e 500GB de disco rígido. A placa gráfica é AMD Radeon R9 M260 com 2GB dedicados.



Tem igualmente um modelo equivalente por parte da HP, o 15-P002NP, também com ecrã de 15,6 polegadas, mas com processador i7-4510U. Aqui a RAM é de 4GB, a capacidade de armazenamento de 500GB e a placa gráfica GT840 M com 2GB dedicados.



Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.