Tal como outros serviços de cloud, a Google oferece 15 GB gratuitos no seu serviço Google Drive. Neste pode guardar ficheiros em todos os formatos, fotografias, músicas e vídeos, com a vantagem de poder mesmo editar documentos online através do Google Documentos. No entanto, para ter os documentos no serviço online necessita de os enviar, arrastando-os do computador para o browser, por exemplo.

Mas sabia que pode autonomizar a sincronização dos ficheiros, para quando trabalha no PC no escritório, estes estarem disponíveis em casa ou mesmo durante as deslocações? O processo é muito simples, e tudo o que necessita é instalar uma aplicação nos computadores que vão sincronizar com o serviço de cloud da Google.

Para instalar e sincronizar a app, siga os seguintes passos:

1 – Aceda ao Google Drive e faça a autenticação na sua conta Google no browser de internet. Aqui pode gerir todos os seus ficheiros. Para instalar a aplicação, vai aparecer uma notificação de sugestão no canto inferior esquerdo da janela.

2 - Caso não apareça nenhuma sugestão, prima a roda dentada no canto superior direito, e escolha a segunda opção: “Get drive for desktop” ou caso tenha em português “obtenha drive para desktop”. Ou então, pode simplesmente aceder a este link e fazer a transferência no campo “Pessoal”.

3 – Instale o executável installbackupandsync.exe.

4 – Depois de instalado, o Google Drive vai aparecer em janela no desktop, dando-lhe as boas-vindas.

5 – Faça a autenticação na app, com as mesmas credenciais da sua conta Google que pretende sincronizar com o Google Drive.

6 – Depois de autenticado, o sistema vai pedir-lhe para associar as pastas do computador que deseja sincronizar, para criar cópias de segurança dos ficheiros que lá colocar. Por defeito, já tem selecionado o Ambiente de Trabalho, Documentos e Imagens, mas pode desselecionar ou acrescentar as que desejar.

7 – Outra definição importante que deve ter em conta é a qualidade dos vídeos e imagens que guarda no Google Drive. As regras do Google Photos aplicamse aqui: se mantiver em Alta Qualidade das fotografias não terá limite de espaço; mas se optar pela qualidade original das imagens, tem 15 GB de espaço na cloud para gerir, ou então aderir a um dos planos propostos pela empresa. Tem ainda a possibilidade de acrescentar as fotografias ao Google Photos através desta aplicação.

8 – No final da configuração, será aberto uma pasta no computador do Google Drive, que ficará disponível rapidamente através do Windows Explorer. Esta pasta principal é colocada por defeito e pode ser usada para despejar rapidamente ficheiros, com a garantia de que vão ser sincronizadas com a cloud. Além de todas as pastas que previamente definiu no ponto 6.

9 – Depois de tudo configurado faça um teste rápido. Copie uma imagem ou ficheiro para a pasta do Google Drive no computador. Depois, aceda ao serviço no browser e certifique-se que este foi atualizado. Caso a imagem apareça é porque a configuração foi bem-sucedida e as pastas escolhidas estão a sincronizar. Outro elemento a ter em conta é que os ficheiros marcados com um “check” verde significa que foram sincronizados. É importante habituar-se a verificar este sinal, para o caso de trabalhar ficheiros em offline, e depois esperar que sincronizem quando se liga à internet.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.