A Internet veio revolucionar a forma como enviamos informações e conteúdos. Seja por email ou pelas redes sociais, partilhar ficheiros com a família, amigos e colegas de trabalho é certamente mais fácil do que na altura em que o conceito de World Wide Web ainda era desconhecido. A questão pode tornar-se mais complicada quando o objetivo é enviar documentos, vídeos ou imagens que ultrapassam o limite de dimensão dos anexos estabelecido pelas plataformas.

É verdade que comprimi-los através de ferramentas como o WinRAR ou o 7Zip pode parecer uma solução, mas enviar ficheiros zipados às “parcelas” através do email não é prático e existem casos onde fazê-lo é mesmo impossível. No entanto, algumas plataformas e serviços online podem ajudar a partilhar ficheiros de grandes dimensões, e muitas das soluções são gratuitas.

Armazenar e partilhar os ficheiros na “nuvem”

O limite máximo para os ficheiros enviados através do Gmail é de 25 MB, sendo a dimensão ainda menor no caso do Outlook, com apenas 20 MB. Contudo, através da Google Drive e da OneDrive da Microsoft, ainda é possível enviá-los e o destinatário receberá um link que lhe concederá acesso aos ficheiros.

Mas atenção: o armazenamento na Cloud de ambos os serviços tem limites, entre 15 e 30 GB no caso da Google Drive e até 1 TB no da One Drive, dependendo do plano que tem, e é recomendável não deixar os documentos, vídeos ou imagens acumular para não perder espaço.

Clique na galeria para saber como pode armazenar e partilhar os ficheiros na “nuvem”

Entre os serviços de armazenamento na Cloud encontrará soluções como a popular Dropbox, com 2 GB disponíveis para armazenar ficheiros que ficarão sincronizados entre todos os equipamentos em que instalar o programa. Já ao criar uma conta gratuita na Box, o espaço aumenta para 10 GB, se bem que há um limite de upload de 250 MB de cada vez.

Uma alternativa mais nacional à Dropbox ou à Box e que apresenta um modo de funcionamento semelhante é, por exemplo, a MEO Cloud, que pode ser utilizado mesmo que não seja um cliente da operadora. Para aceder ao serviço terá de criar uma conta gratuita que lhe dará direito a 6 GB de armazenamento ou 25 GB, caso seja cliente MEO.

Se prefere gerir o envio de ficheiros através de um programa no seu computador, poderá optar pelo Jumpshare. Após fazer a instalação e criar uma conta, poderá começar a partilhar. Além disso, pode agrupar tudo por formatos de ficheiros e fazer pré-visualizações dos conteúdos.

Enviar através de um website de transferência de ficheiros

O WeTransfer é provavelmente dos websites de transferência de ficheiros mais populares, embora tenha um limite máximo de 2 GB na versão gratuita. Não precisa de ter conta para fazer transferências e apenas necessita de carregar os ficheiros em questão e inserir o seu email e o do destinatário. De seguida, é gerado um link temporário de download que poderá partilhar.

O Sapo Transfer tem um modelo de funcionamento muito semelhante ao do WeTransfer, sendo gratuito e não precisando da abertura de uma conta. O limite máximo do serviço português de transferência de ficheiros é um pouco maior, contando com 3 GB.

Clique na galeria para saber como pode enviar através de um website de transferência de ficheiros

Já a plataforma TresoritSend permite enviar ficheiros até 5 GB e conta com encriptação ponta-a-ponta, podendo até protegê-los com uma password específica. Os ficheiros podem ser depois partilhados através de um link e o utilizador receberá uma confirmação de que chegaram ao lugar certo e de que foram abertos por email. Ainda maior é o limite da MyAirBridge: até 20 GB numa única transferência, mesmo no modo gratuito.

Mas se não gosta de se sentir limitado, sempre poderá recorrer ao Smash. O serviço permite partilhar documentos, imagens, vídeos sem qualquer limitação de tamanho. Através da versão gratuita é ainda possível pré-visualizar os ficheiros antes de fazer o download, protegê-los com uma password e definir a validade da transferência até 14 dias.

O How To TeK é uma nova rubrica do SAPO TeK que pretende ajudar todos os utilizadores em tarefas simples (mas que parecem complexas) na utilização de computadores e telemóveis. Se tiver sugestões de truques que quer ver esclarecidos envie um email para geral@tek.sapo.pt.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.