É verdade que os serviços de armazenamento na Cloud, como o Google Drive ou o OneDrive, são particularmente úteis, permitindo poupar espaço do computador ou smartphone. No entanto, ao longo do tempo, vamos acumulando uma coleção de arquivos que acabam por perder eventualmente a sua importância.

Os planos grátis das plataformas da Google e da Microsoft têm limites, 15 GB no caso do primeiro e 5 GB para o segundo, e, quando dá por si, está a receber uma mensagem a avisá-lo de que já lhe resta pouco espaço livre e uma data para o "despejo" dos mesmos.

Imagine que precisa mesmo de guardar um conjunto de documentos importantes na Cloud, mas o espaço que lhe resta não é suficiente. Para evitar situações em que está a tentar livrar-se apressadamente dos ficheiros no Google Drive ou One Drive, que podem dar origem à eliminação acidental de arquivos importantes, deve fazer uma gestão do armazenamento.

Clique na galeria para saber como gerir o espaço disponível no Google Drive e OneDrive

Se usa o Google Drive siga estes passos:

1 – Logo quando abre o Google Drive, poderá ver na opção “Armazenamento” no menu ao lado esquerdo quanto espaço é que está a ser ocupado. Ao clicar nela, verá uma lista detalhada com todos os ficheiros arquivados e o seu tamanho. A partir daí, poderá verificar quais são os ficheiros que são realmente importantes, e apagar os arquivos desnecessários.

How to TEK: Tem o correio do Gmail cheio? Conheça alguns truques para libertar facilmente espaço
How to TEK: Tem o correio do Gmail cheio? Conheça alguns truques para libertar facilmente espaço
Ver artigo

2 – Ao visitar a página do Google One associada à sua conta, poderá também ver quais são os “culpados” por trás da falta de espaço, como a vasta quantidade de emails que vai sendo armazenada através do Gmail. Precisa de ajuda para dar uma limpeza à sua caixa de correio eletrónica? Pode consultar um How to TEK anterior dedicado à temática.

3 – Para uma limpeza mais “a fundo”, pode consultar o Gestor de Armazenamento do Google One. Aí poderá verificar todos os itens que estão a ocupar espaço de forma desnecessária, como emails ou ficheiros que foram movidos para o lixo, mas que ainda não foram eliminados definitivamente.

Se prefere o OneDrive confira os seguintes passos:

1 – Para verificar quanto espaço é que está a usar no OneDrive, pode começar por clicar com o lado direito do rato sobre o ícone da aplicação e selecionar a opção “Propriedades”.

2 -  Ao abrir a pasta dedicada ao OneDrive no seu computador, pode organizar os ficheiros por tamanho. Note que, no que toca às pastas, terá de clicar em cada uma com o lado direito do rato e selecionar a opção “Propriedades” para saber o seu tamanho exato.

3 – Alternativamente, pode visitar o menu “Gerir armazenamento” na versão online.

4 - Ao clicar na opção “O que está a ocupar espaço?”, verá uma lista com os ficheiros mais “pesados”, a partir daí, poderá decidir o que é mais importante.

5 – As fotografias armazenadas no OneDrive também podem estar a “pesar” sem que se aperceba. Na opção “Fotografias” tem acesso a todo o catálogo de imagens que está na Cloud.

6 – Quando terminar de fazer a sua seleção e de se assegurar que já eliminou todos os ficheiros que não lhe são úteis, não se esqueça de apagá-los permanentemente na seção “Reciclagem”, caso contrário, ainda ficarão a ocupar algum espaço.

O How To TeK é uma nova rubrica do SAPO TeK que pretende ajudar todos os utilizadores em tarefas simples (mas que parecem complexas) na utilização de computadores e telemóveis. Se tiver sugestões de truques que quer ver esclarecidos envie um email para geral@tek.sapo.pt.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.