Tal como aconteceu com o género MOBA, há um novo subgénero que poderá tornar-se moda, o Auto Chess. O jogo original, que também foi lançado recentemente nos dispositivos móveis, foi construído como um mod de DoTA 2 da Valve, mas acabou por se desligar e criar o seu próprio universo.

A Valve viu assim oportunidade de converter o Dota Auto Chess no jogo oficial da empresa (até porque tem cerca de 8 milhões de jogadores ativos), e assim nasceu Dota Underlords, que depois do PC chega aos smartphones e é o primeiro jogo da empresa dona do Steam para dispositivos mobile.

As regras são semelhantes ao jogo original e incentiva os jogadores a construírem um exército de personagens, que funcionam como peões de um tabuleiro de xadrez. Terá de conhecer as peças que coloca no terreno, cada uma com as suas habilidades próprias. Neste caso, as partidas desenrolam-se entre oito jogadores, mas não no mesmo ecrã, apenas as suas estatísticas são visíveis. O objetivo é causar dano aos adversários, sendo eliminados quando chegam a zero de energia.

O jogo apela ao colecionismo de cartas e caso junte três da mesma unidade poderá combiná-las para que se tornem mais poderosas.

Poderá jogar Dota Underlords gratuitamente nas versões iOS e Android, ainda que o jogo esteja rotulado como beta.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.