Há um ano a Google anunciava a remodelação da loja de aplicações até então conhecida como Android Market e que passava a estar integrada com as outras lojas que a Google disponibilizava na altura, como o Google Books e o Google Music. Passados 12 meses o Google Play é a loja virtual da gigante de Mountain View para todas as ofertas.

Livros, revistas, músicas, álbuns, acessórios para dispositivos móveis, smartphones e tablets são os produtos que a tecnológica norte-americana tem para oferecer na plataforma online. Mas as aplicações continuam a ser o grande foco e razão de existência da Play Store. Nem todos os serviços estão disponíveis globalmente - no caso português, só mesmo as apps é que são acessíveis.

"Tem sido um primeiro ano incrível e esperamos partilhar a oferta de diversões digitais por muitos mais anos", escreve a Google na página dedicada ao aniversário.

Para comemorar um ano de vida da loja, a Google oferece durante a próxima semana várias promoções em aplicações e serviços relacionados com as apps. Hoje, dia 6 de março, existe um cartão gratuito de 15% em compras na aplicação Fancy, 10% de desconto em reservas na Hotels.com, promoções em álbuns e existem conteúdos exclusivos para jogos - alguns dos descontos só estão disponíveis em localizações específicas e Portugal não está nessa lista. Mas nos próximos dias as ofertas variam.

Alguns especialistas consideram que o rebranding do Android Market foi vital para a Google conseguir atrair mais clientes e superar de alguma forma a imagem de perigo que paira sobre as aplicações móveis, em especial as que são desenvolvidas para o sistema operativo do robô verde. Em 2012, o Google Play foi a loja de um ecossistema móvel que mais cresceu.

Ao todo a plataforma alberga mais de 700 mil aplicações e já recebeu 25 mil milhões de downloads.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.