Os assistentes virtuais já fazem parte do dia-a-dia das pessoas, nas diferentes tarefas, desde o controlo dos equipamentos da casa à orientação pelo GPS nas viagens de carro. Mas se há algo que pode ser hilariante é quando tentam pronunciar nomes de pessoas, e a Google quer que o seu sistema aprenda com os próprios utilizadores e melhorar. “Deve adaptar-se à sua forma de falar, não requerendo que tenha de dizer exatamente as palavras certas e a ordem correta”, diz a tecnológica no comunicado.

É explicado que compreender a linguagem falada é difícil, porque é bastante contextual, variando de pessoa para pessoa. E os nomes acrescentam uma dificuldade adicional, porque como a Google explica, alguns são escritos da mesma forma mais pronunciados de forma diferente. Esse tipo de complexidade torna a compreensão da forma como falamos mais difícil, e para tal, a Google tem trabalhado numa atualização do seu assistente, que vai estar disponível nos próximos dias.

De forma a ajudar o Google Assistant a melhorar a pronunciação e o reconhecimento dos nomes dos contactos, os próprios utilizadores vão poder ensinar a IA. O assistente vai escutar a pronunciação e memorizar, sem a necessidade de manter a gravação da voz que usou. Assim, nas próximas vezes que for necessário pronunciar o nome, supostamente vai fazê-lo corretamente. Para já, a Google está a fazer testes com a língua inglesa, mas espera expandir a outros idiomas em breve.

Outro aspeto que a Google diz estar a melhorar no seu assistente é o contexto das conversas. Assim, sempre que está a fazer um apontamento na agenda, por exemplo, e se engana e tenta corrigir, o algoritmo do Google Assistant vai ser mais flexível e fazer um melhor trabalho nos ajustes necessários, sem a necessidade de programar tudo de início. “Tal como qualquer conversa, o contexto é importante e o Assistant necessita de ser flexível o suficiente para compreender ao que se está a referir, quando lhe pede ajuda”.

A atualização utiliza machine learning juntamente com a tecnologia BERT, criada em 2018 e estreada na Pesquisa, para que seja possível processar palavras em relação a todas as outras numa frase, em vez de uma relação por ordem. A Google afirma que a atualização dá ao assistente virtual quase 100% de eficácia nas tarefas relacionadas com alarmes e temporizadores, esperando adicionar o sistema em outros casos.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.