Se o escândalo de espionagem da NSA lhe causa arrepios ou se gosta de dar uma volta na Internet sem deixar rastos, a Dolphin tem um browser dedicado para si: o Zero.

Histórico de navegação, dados de formulários, palavras-passe, cookies de páginas Web e informação em cache. Tudo isto é efémero sempre que usa o Dolphin Zero, pois quando abandona o browser, as informações são destruídas.

A melhor parte? Existe uma animação de uma máquina de papel a triturar uma folha, como "prova" de que a sua sessão acabou de ser varrida do telemóvel. A pior parte é que sempre que o utilizador sai do navegador, é convidado a instalar a versão "tradicional" do browser.

Mesmo não recorrendo à encriptação para proteger os utilizadores de "sombras" como a agência nacional de segurança norte-americana, há pelo menos a escolha do motor de busca DuckDuck Face como predefinição. Mas os mais "atrevidos" podem optar pelo serviço da Google, Yahoo! ou Bing.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.