As aplicações já estavam disponíveis para as duas plataformas, mas exigiam a subscrição do Office 365 para pode criar ou editar ficheiros, um passo adicional que agora é ultrapassado nas novas versões, ontem disponibilizadas nas lojas de aplicações da Apple e Google Play.

O recurso só é livre para uso privado e não para empresas, mas na prática esta restrição acabará por não ter grande efeito por ser difícil verificar qual o tipo de utilização das aplicações de produtividade. Tudo o que precisa é de uma conta Microsoft para poder fazer a ligação com o serviço de cloud OneDrive.

Com o Office Mobile os utilizadores de smartphones e tablets Android e de telemóveis iPhone e iPod Touch podem aceder, ver e editar os seus documentos do Microsoft Word, Microsoft Excel e Microsoft PowerPoint e guardá-los na cloud. O serviço funciona mesmo quando está offline, com as alterações ao documento a serem sincronizadas quando voltar a ligar-se à Internet da rede móvel ou a uma rede Wi-Fi.

O lançamento da versão para iPad já tinha sido alvo de muitos rumores, com a Microsoft a procurar recuperar terreno face a outros pacotes de produtividade para dispositivos móveis, como o iWork e o QuickOffice.

Apesar da mudança de estratégia no iPhone e Android, a Microsoft vai manter uma política diferenciada para a nova versão do Office para iPad, cuja versão gratuita só permite a visualização de documentos e não a edição ou criação, que continuam a obrigar a uma assinatura do Office 365.

Tudo indica que está também a ser preparada uma versão do Office para tablets Android, que seguirá a mesma lógica do Office para iPad.

O Office Mobile para iPhone pode ser descarregado na loja da Apple e quem já tinha instalado deverá fazer a atualização para poder ter acesso livre. O mesmo acontece na versão Android, que está disponível no Google Play.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.