Depois do teasing feito no final de março, a Vivo anunciou oficialmente o seu primeiro smartphone com ecrã dobrável, o Vivo X Fold. O smartphone apresenta um formato de abertura semelhante a outros concorrentes, como o Samsung Galaxy Z Fold 3, ou seja, abre-se para fora, transformando-se num tablet. No exterior, conta com um ecrã OLED de 6,53 polegadas com uma taxa de refrescamento de 120 Hz. No interior, tem um painel OLED de 120 Hz com 8,03 polegadas. E ambos suportam HDR10+.

Durante a sua apresentação, a fabricante salientou o amadurecimento da tecnologia de ecrãs dobráveis, garantindo que o seu modelo estava certificado para abrir 300 mil vezes (80 vezes por dia a longo de 10 anos). É possível utilizar o ecrã com uma dobra de 60 ou 120 graus, no primeiro para poder pousar o smartphone sem uso de um tripé, o segundo funciona mais ou menos na posição de um portátil.

Veja na galeria imagens do Vivo X Fold:

O smartphone é alimentado por um processador Snapdragon 8 Gen 1, 12 GB de RAM e até 512 GB de armazenamento interno USF 3.1. Tem uma bateria de 4.600 mAh e carregamento rápido de 66 W, prometendo um carregamento total em 37 minutos. Pode carregar através do sistema sem fios de 50 W e ainda suporta carregamento inverso de 10 W.

Quanto ao módulo das câmaras fotográficas, o smartphone tem uma lente principal de 50 MP e uma câmara periscópica de 8 MP com zoom ótico de 5X. Ambas as lentes têm estabilizador de imagem OIS. Acrescente-se ainda uma telefoto de 12 MP com zoom ótico de 2X e uma ultra grande angular de 48 MP. As lentes foram produzidas pela Zeiss e têm a capacidade de gravar vídeo até 8K a 30 FPS. A câmara de selfie tem 16 MP.

Ainda não se sabe uma data para o seu lançamento global, mas o seu preço é de 8.999 yuan (cerca de 1.300 euros) para a versão de 256 GB de armazenamento interno. A configuração de 512 GB custa 9.999 yuan (1.450 euros).

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.