com o apoio MEO
Poupe na sua eletricidade com o MEO Energia. Simule aqui

App ajuda a percorrer roteiro do romance de Saramago "Levantado do Chão"

A Fundação José Saramago lançou um site e uma aplicação para telemóvel com um roteiro literário que propõe uma viagem pelos episódios mais marcantes do romance "Levantado do Chão", publicado há 41 anos pelo Nobel da Literatura.
App ajuda a percorrer roteiro do romance de Saramago
Fundação José Saramago
O roteiro faz a ligação entre os concelhos de Lisboa, Montemor-o-Novo e Évora, através de três percursos temáticos subdivididos em percursos rodoviários e pedestres, e que abrangem 26 pontos de interesse interpretativo, dando a conhecer lugares e episódios mais marcantes.Com 238 quilómetros rodoviários e oito pedestres, o percurso espelhado no site e na app é também um convite para conhecer aspectos biográficos relacionados com a vida de Saramago na localidade de Lavre, concelho de Montemor-o-Novo, onde viveu em 1976 enquanto escrevia o romance.O primeiro percurso, "Os levantados deste chão - A repressão da ditadura no Alentejo", abrange o período entre 1933 e 1974, e aborda os momentos mais violentos da obra, como as prisões, as torturas e os assassinatos do regime ditatorial da época sobre o povo alentejano.

Este itinerário passa por vários sítios de Lisboa, como o Museu do Aljube - Resistência e Liberdade, e de Montemor-o-Novo, como o Posto da GNR, para onde a personagem Germano Vidigal foi levada e acaba por morrer em 1945, vítima de um cruel e bárbaro assassinato levado a cabo por dois agentes da PIDE, a polícia política da ditadura.O segundo caminho proposto, "A resistência: João Mau-Tempo e a luta do proletariado agrícola alentejano", vai desde os primeiros anos até à década de 70 do século XX, e convida a acompanhar algumas fases daquela luta contada por Saramago a partir da personagem João Mau-Tempo.Este percurso passa por vários sítios dos concelhos de Évora, como a Praça de Touros desta cidade, onde João Mau-Tempo assistiu a um comício anticomunista em 1937, e de Montemor-o-Novo, como São Geraldo, referida na obra a propósito de um encontro clandestino de trabalhadores rurais e militantes do PCP, que decorreu nas proximidades desta aldeia.

Na terceira parte do roteiro, "José Saramago em Monte Lavre", o viajante é convidado a refazer os principais caminhos do escritor durante a sua estada em Lavre, e outras visitas que fez pelo concelho de Montemor-o-Novo, em 1976.

A aplicação está disponível de forma gratuita na loja Google Play para Android e na App Store para Apple.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.

Veja também

 
 

Comentários

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa , as nossas notificações ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.