É um problema do século XXI, mas tem capacidade para arruinar o potencial humorístico de muitas das fotografias que tiramos com os nossos animais de estimação. Falamos da incapacidade que as apps têm para detetar... focinhos. Até à data, os filtros faciais do Snapchat só funcionavam em rostos humanos, mas com a nova atualização, a aplicação consegue agora identificar a cabeça dos gatos.

Com esta novidade, a empresa lançou também um grupo de novas lentes, especificamente desenhadas para serem aplicadas no seu companheiro felino. O TechCrunch explica que este sistema foi desenvolvido com base numa tecnologia de reconhecimento de objetos que a Snap já teria criado antes. Essa tecnologia sugeria um conjunto de filtros, consoante o objeto enquadrado na câmara.

https://www.youtube.com/watch?time_continue=5&v=QVDJg6HtIvs

Neste caso, poderá aplicar uns olhos esbugalhados no seu gato, ou colocar-lhe uma fatia de pão à volta da cabeça. Os filtros disponíveis são vários mas, com base no vídeo lançado pela Snap, não parece que funcionem com cães.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.