A Clubhouse tornou-se numa sensação no mundo das aplicações e, embora tenha sido lançada em abril do ano passado, a sua popularidade só começou a crescer significativamente em 2021. Porém, novos dados dão a conhecer que a popular aplicação parece estar a perder fulgor.

De acordo com a consultora Sensor Tower, a app registou uma “explosão” de 9,6 milhões de downloads em fevereiro, numa subida de 300% face a janeiro. No entanto, em março, foi possível verificar uma queda de 72%, com o número de downloads a situar-se nos 2,7 milhões.

Em declarações ao website Business Insider, um porta-voz da consultora indica agora que, em abril, a Clubhouse registou apenas 922.000 downloads a nível internacional, num decréscimo de 66% em relação a março.

Novos dados da Apptopia, citados pelo website Tech Crunch, dão também a conhecer que o número de utilizadores ativos diários caiu 68% face a fevereiro, o que demonstra que, para muitos, a app está a tornar-se um hábito cada vez menos diário.

A aplicação está a tentar tomar medidas para lidar com os novos desafios e chegar à base de internautas cujo nível de utilização diminuiu. A criação de uma versão da Clubhouse para Android poderá afirmar-se como uma forma de mitigar o problema. A empresa já está a desenvolvê-la e, ao que tudo indica, poderá chegar dentro das próximas semanas.

Twitter abre Spaces a utilizadores com mais de 600 seguidores em resposta ao Clubhouse
Twitter abre Spaces a utilizadores com mais de 600 seguidores em resposta ao Clubhouse
Ver artigo

Recorde-se que a popularidade da Clubhouse chamou a atenção de redes sociais como o LinkedIn, o Facebook, o Instagram, o Twitter e o Telegram, que estão todas a adaptar-se à nova moda do áudio. O Twitter, por exemplo, revelou agora que a funcionalidade Spaces vai chegar a mais utilizadores, depois de um período de teste que estava a ser feito desde o ano passado.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.