Tal como havia sido anunciado no ano passado, a Microsoft descontinuou o seu assistente inteligente nas versões iOS e Android. Na altura, por continuar a ser o centro das experiências geridas por inteligência artificial, sobretudo em torno do Microsoft 365, a fabricante refere que necessitou de ajustar o seu foco nas áreas de inovação e desenvolvimento, onde são mais necessárias. Assim, a tecnológica acabou o suporte das funcionalidades com menor utilização, como é o caso do assistente em forma de aplicação.

Ainda assim, é possível utilizar a Cortana de forma integrada em diversas ferramentas de produtividade da empresa, tais como gerir o calendário e email, participar em reuniões, a partir da Cortana Windows 10, a integração no Outlook ou o assistente de voz da app do Teams. Mas a app, deixou de funcionar desde ontem, 31 de março, segundo a nota da Microsoft.

Também existem mudanças no assistente Siri da Apple. Respondendo às constantes críticas de sexismo relativamente às vozes por defeito da Siri, Cortana, Alexa e Google Assistent, a Apple vai fazer alterações à sua assistente. A Siri vai deixar de ser “feminina” por defeito numa próxima atualização, sendo introduzidas vozes adicionais masculinas (para já em inglês) para que o utilizador opte na configuração inicial do sistema. As críticas surgiram numa notificação das Nações Unidas, em que a utilização única da voz feminina ajudava a criar o estereotipo do papel das mulheres como assistentes, num papel de suporte e secundário.

Segundo avança a CNBC, na atualização iOS 14.5 previsto chegar durante a primavera, os utilizadores vão ser abordados para escolher a sua voz preferida entre quatro escolhas, deixando assim de ter o feminino por defeito. A beta desta versão, que começou a circular esta quarta-feira, já permite testar a funcionalidade.

Em comunicado, a Apple diz que esta mudança dá continuidade ao compromisso da empresa na diversidade e inclusão, com os produtos e serviços a serem desenhados para melhor refletir essas opções do mundo em que vivemos.

Outras novidades do iOS 14.5 passam pela possibilidade de desbloquear um iPhone através do Apple Watch, a introdução de novos emojis, incluindo um que representa uma vacina (numa alusão à vacinação da COVID-19), assim como mudanças na privacidade restringindo o acesso ao ID do equipamento pelos anunciantes de mobile.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.