O serviço de criação de vídeos curtos da Google, o YouTube Shorts, está a partir desta segunda-feira disponível em Portugal. Ao estilo TikTok, o shorts permite criar vídeos com uma duração até 60 segundos, para já apenas no smartphone, e adicionar-lhes um conjunto de elementos.    

Como o nome indica, o Shorts funciona a partir do YouTube, o que significa que para o usar não é preciso instalar uma nova aplicação móvel. Como explica a Google, “o YouTube Shorts permite a qualquer utilizador interagir com um novo público utilizando apenas um smartphone e a câmara do Shorts na app YouTube”.  No site do serviço de vídeos, a empresa acrescenta que “as ferramentas de criação de vídeos curtos do YouTube permitem criar facilmente vídeos com até 60 segundos de duração com a opção para capturar vários clipes”.

Aos vídeos criados com o Shorts é possível adicionar música ou pedaços de áudio, é também possível adicionar legendas, controlar a velocidade de gravação do vídeo ou ativar um temporizador para poder gravar em modo mãos-livres e ter tempo de se colocar a jeito para a filmagem. Quem usar o serviço pode ainda tirar partido de uma câmara multisegmento, para encadear vários videoclipes, destaca a Google.

Em comunicado, a empresa explica que fez também algumas adaptações para ser mais fácil encontrar os vídeos Shorts. “Sabemos que a criação é apenas uma parte da experiência do Shorts. Também queremos ajudar as pessoas a encontrar Shorts que possam apreciar e gostar e ajudar os criadores a serem descobertos”.

Nesse sentido, foi lançada “uma nova experiência de visualização que lhe permite deslizar verticalmente, de forma simples, de um vídeo para o seguinte e adicionámos um separador do Shorts para o telemóvel para tornar mais fácil assistir a Shorts com um único toque”, acrescenta a Google.

O Shorts ainda está em fase de testes e não tem para já data para passar à versão final, nem para ganhar suporte para outros formatos que não o smartphone e por isso os vídeos criados neste formato só estão disponíveis para smartphone. 

O serviço foi lançado originalmente em março nos Estados Unidos e estava já está disponível para 26 países. Esta segunda-feira ganha escala global, em 100 países. Estava a ser desenvolvido pelo YouTube desde abril de 2020. 

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.