Os dados são extraídos de um estudo conjunto da Kaspersky Lab e da B2B International e indicam que 34% das empresas a nível global utilizam dispositivos móveis para acederem às contas bancárias e realizarem transações financeiras.

Em concreto, 28% das pequenas e médias empresas e 34% das grandes empresas realizam transações financeiras através de dispositivos móveis.

Estas operações não são feitas apenas por pessoal dos departamentos financeiros (63%), mas também pelos executivos de topo (54%) e inclusive pelos restantes colaboradores (8%), que cada vez mais realizam transações financeiras empresariais através de aplicações móveis.

Com base nos dados do estudo, a Kaspersky aproveita para alertar as empresas acerca do crescimento das ciberameaças móveis, tão perigosas para os utilizadores como as ameaças para PCs.

No terceiro trimestre de 2015, as soluções da Kaspersky Lab para dispositivos móveis detetaram mais de 300.000 novos programas maliciosos. Os que mais cresceram nos últimos meses foram os Trojans bancários, desenhados para roubar credenciais dos sistemas de pagamento eletrónico e de banca online, assim como os dados de cartões de crédito ou débito.

A proporção deste tipo de malware cresceu dos 0,6% (630 programas) no segundo trimestre para os 1,5% (2.500 programas) no terceiro.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.