Estas empresas já têm as suas próprias lojas de aplicações, e a Huawei até tem reforçado a sua aposta na App Gallery face ao embargo dos Estados Unidos, mas a nova plataforma, que se chama Global Developer Service Alliance (GDSA), permitirá que os programadores submetam as suas aplicações simultaneamente em todas as app stores das marcas Huawei, Oppo, Vivo e Xiaomi. A informação é avançada pela agência Reuters e ainda não foi confirmada pelas empresas.

A plataforma deveria ser lançada em março mas esta data pode não ser agora cumprida devido ao surto de Coronavírus. A informação partilhada revela que inicialmente a plataforma vai cobrir nove regiões, incluindo a Índia, Indonésia e Rússia, para além da China.

A base de utilizadores de smartphones das quatro marcas é grande, com a Huawei a manter-se como número dois do mercado global e a Xiaomi e a Vivo a ganharem cada vez mais peso.

Huawei quer ter 175 apps portuguesas na sua loja AppGallery no 1º trimestre
Huawei quer ter 175 apps portuguesas na sua loja AppGallery no 1º trimestre
Ver artigo

Juntas, as quatro empresas representaram 40,1% das vendas mundiais de telemóveis no quarto trimestre de 2019, segundo a consultora IDC.

Os serviços Google estão proibidos no mercado chinês e isso tem obrigado a fabricantes de smartphones a procurar alterativas para os utilizadores chineses, mas mantendo o acesso à loja Google Play noutras regiões. O embargo dos Estados Unidos à Huawei obrigou a empresa a reforçar a sua aposta numa alternativa, com os Huawei Mobile Services.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.