Depois de ter começado por ser disponibilizada nos Estados Unidos, a Family Link chega agora a um conjunto de mais de 30 países, e nomeadamente a Portugal. A app de controlo parental da gigante tecnológica permite-lhe criar uma conta Google para a criança que funciona como se fosse a sua, com acesso à maioria dos serviços Google, e que o ajuda a definir algumas regras digitais básicas.

Permite, por exemplo, aprovar ou bloquear as aplicações que os mais novos pretendam transferir da Play Store e controlar quanto tempo estes passam nas respetivas aplicações favoritas, através de relatórios semanais ou mensais.

Pode também definir limites diários para o tempo de utilização, assim como bloquear os dispositivos remotamente quando for hora de dormir ou achar que é o momento de fazer uma pausa.

Para utilizar a Family Link, o telefone ou tablet da criança tem de ser Android. A lista de dispositivos compatíveis pode ser consultada em http://families.google.com/familylink/setup. Além disso é preciso criar uma conta Google. Do lado do adulto também é necessário existir um dispositivo compatível, Android ou iOS, assim como uma conta Google própria.

A Google Family Link está disponível para o sistema operativo móvel da Google e da Apple.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.