Isto quer dizer que vai precisar apenas do seu corpo para completar os exercícios - ou no máximo de um colchão de treino para quando tem de fazer os abdominais ou as flexões.

A mais recente aplicação lançada pela start up austríaca, adquirida há uns meses pela ADIDAS, aposta em 120 vídeos explicativos de cada um dos exercícios e em 20 treinos “standalone”. Mas a proposta principal passa por um plano de treino de 12 semanas personalizado, que também dá direito a dicas de saúde e nutrição semanais.

Cada treino varia entre 15 a 45 minutos dependendo da área de foco - assentes em movimentos de peso corporal comuns, como as flexões, os abdominais ou os burpees, bem como exercícios menos conhecidos, mas tendo sempre como base o peso do corpo. Há também exercícios de aquecimento e alongamentos para fazer.

Ao longo dos três meses, os planos de treino vão sendo são ajustados de acordo com os comentários e a experiência do utilizador.

Mas esta é uma possibilidade reservada apenas a quem subscreva a versão Premium da aplicação, o que pode ser feito por um mês, com um custo associado de 2,49 euros por semana; por seis meses, a 1,66 euros por semana; e por 12 meses, com o custo a baixar para os 1,20 euros por semana.

Quem não quiser investir na proposta personalizada da Runtastic pode optar pela versão gratuita, que dá acesso a um conjunto de cinco planos de exercícios “standalone” e a 19 dos 120 vídeos explicativos.

A Results já pode ser descarregada a partir da App Store e da Play Store. Veja o vídeo de promoção:

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.