A equipa que constitui a Edubox, principalmente os membros ligados à área multimédia, recebeu com grande alegria a distinção da CE. "É sempre motivo de orgulho ver o nosso trabalho ser reconhecido por uma entidade externa, ainda para mais num concurso para premiar os melhores conteúdos para crianças disponíveis na Internet, quer a nível nacional quer a nível europeu". Esta é a análise feita por Amaral Carvalho, administrador da empresa que é um spin-off da Universidade de Aveiro.

O orgulho é tanto que quem fizer o download da aplicação vai encontrar na parte inferior esquerda uma menção à distinção recebida.

A aplicação Centum Square oscila em torno dos desafios matemáticos com apoio de uma história animada. Elf, Iota e Sigma são três extraterrestres que partiram à procura de novos planetas. Quando estavam a passar pela Terra, a nave avariou.

As crianças têm que resolver desafios matemáticos que dão acesso a peças como parafusos. Desta forma conseguem ajudar os três alienígenas no regresso a casa.

A aplicação tem como mais-valias o design apelativo, a história simples e apelativa para os mais novos, tudo conjugado com o ensino.

Depois da distinção a Edubox está focada na internacionalização, reconhecendo que a nível europeu existe um leque alargado de empresas que desenvolvem conteúdos para a área educativa. Mas as metas são estabelecidas com segurança "Aspiramos a competir com os melhores".

Portugal também é um desafio, mas por motivos diferentes: "não existe ainda uma grande cultura de uso deste tipo de recursos na sala de aula", disse Amaral Carvalho em conversa com o TeK. Por cá o objetivo principal é manter a liderança no que diz respeito às plataformas de gestão escolar SEI e SIGA.

Com a distinção da Comissão europeia chegam dois elementos: responsabilidade acrescida e novas oportunidades.

No campo da responsabilidade a Edubox vai trabalhar para "alargar o portefólio de aplicações e áreas científicas trabalhadas, manter o rigor científico e a preocupação com as questões pedagógicas, continuando a apostar em novos formatos". Com isto a startup espera conseguir uma motivação extra por parte de alunos, mas também dos professores.

A nível de oportunidades a visibilidade do prémio abre portas para novas parcerias estratégicas, um caminho que a Edubox sempre viu com bons olhos. "Contamos muito em breve apresentar alguns produtos e soluções que resultaram de parcerias bem sucedidas", antecipa o administrador da spin-off.

Enquanto novos projetos não são revelados, fica a certeza de que a distinção a nível europeu está a ter consequências imediatas, algo que se tem sentido sobretudo no número crescente de downloads diários que a Centum Square tem recebido nos últimos dias, no iOS e Android. O efeito está-se a sentir também noutras aplicações da marca Kookie.

Rui da Rocha Ferreira


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.