A plataforma da Google esteve, aliás, também em destaque, e desta vez sobretudo por boas razões: as primeiras aplicações Android já começaram a chegar ao Chrome e a Google decidiu mudar as regras de pedidos de devolução das compras na sua loja de aplicações, permitindo agora aos utilizadores usar as apps durante duas horas antes de pedirem a devolução do dinheiro pago.



Nas aplicações que reunimos esta semana para as sugestões do TeK não há nenhuma app paga para Android, e por isso não poderá experimentar aqui essa nova funcionalidade, mas encontra ferramentas para instalar um plug-in para o Chrome, jogos e até uma app que ajuda a traçar o mapa da poluição sonora nas cidades.





Siga pelas próximas páginas para ver as sugestões que a equipa do TeK escolheu, e boas descobertas.





Óculos da Google vão ser capazes de avaliar níveis de stress dos seus utilizadores

As aplicações sucedem-se a um ritmo alucinante, mas smartphones à parte, também já vão surgindo propostas para alguns dispositivos wearable. A BioGlass é um exemplo, neste caso para os Google Glass.

Em desenvolvimento por investigadores da Georgia Tech e do MIT, a aplicação propõe-se avaliar os níveis de stress dos seus utilizadores, identificar causas e sugerir "soluções".

De momento, o software da BioGlass está numa fase em que ainda só recolhe dados, aproveitando e "adaptando" alguns dos sensores dos Glass como o acelerómetro e o giroscópio e também a câmara frontal, para gerar informação sobre o batimento cardíaco e a respiração.

De futuro, a intenção é que a app identificar situações de stress e também sugerir "remédios", como mostrar exercícios de respiração ou passar playlists de música adequadas ao "momento".

Segundo os investigadores, as (futuras) capacidades da aplicação não estão restritas aos óculos inteligentes da Google, podendo ser utilizadas em qualquer dispositivos wearable que tenha os sensores adequados.

Descubra a próxima aplicação

Com o Pinterest para o Google Chrome todos ficam a ganhar

O navegador da Google já tem disponíveis vários temas que ajudam a personalizar a experiência online. Mas com o plug-in criado pelo Pinterest os utilizadores recebem as melhores imagens sempre que é aberto um novo separador.


[caption]Pinterest for Google Chrome[/caption]

O Pinterest desenvolveu um add-on para o navegador de Internet da Google. A aplicação está disponível na Chrome Store e é um típico caso win-win – em que tanto a empresa, como o browser, como os utilizadores ficam a ganhar.



No caso do Pinterest a rede social consegue cimentar o seu nome no segmento das redes sociais e consegue chegar a um público mais vasto. Quem instalar o plug-in também vai ficar com a possibilidade de afixar todas as imagens que encontra durante a navegação online quotidiana.



Já o Google Chrome fica a ganhar porque fica mais bonito. Os internautas podem escolher quais as categorias de imagens com as quais querem ser brindados e as escolhas apenas incluem fotografias de grande qualidade.



Do ponto de vista do utilizar há uma experiência de navegação online mais rica. É certo que os separadores mais recentes e os mais populares deixam de aparecer quando uma nova página do navegador é aberta, mas pelo menos a monotonia fica quebrada. A aplicação do Pinterest também revela qual o estado do tempo para o dia.

Descubra a próxima aplicação

Squares: onde quadrados e bolas encaixam se forem da mesma cor

O Squares: uma jornada à procura do amor segue uma das modas das lojas de aplicações, a dos puzzles que têm como "protagonistas" quadrados à procura de uma cara-metade.
O jogo foi desenvolvido por Fábio Ferreira para o universo iOS e é uma entre várias apps criadas e lançadas pelo programador.



É inspirado no Squares criado por Andrey Shevchuk, que na verdade tem servido de base a dezenas de novos jogos que nas últimas semanas chegaram às lojas móveis.



O objetivo é juntar quadrados e bolas da mesma cor, encontrando o caminho possível para lá chegar. O design é muito semelhante ao jogo que serviu de inspiração ao Squares português, a dificuldade dos níveis é equilibrada o suficiente para não ser demasiado fácil nem irritantemente difícil. Gratuitamente estão disponíveis 18 níveis (acompanhados de publicidade), metade dos que o jogo disponibiliza. Os restantes são pagos.




Fábio Ferreira explicou ao TeK que desenvolveu a app mais pelo desafio, do que pelas receitas que daí pudessem advir, mas nas duas semanas depois do lançamento registava uma taxa de sete vendas por cada 100 downloads, números que considera muito positivos. Até agora foram feitos 10 mil downloads do jogo e o número continua a aumentar.



O programador já desenvolveu apps para iOS, Android e Windows 8. Entre as que alcançaram melhores resultados está o Facebook Photo Wall para Windows, que neste momento está offline para atualização, ou o Guide for iOS 7, que alcançou um milhão de downloads e mantém ainda uma média diária de cerca de 800 downloads.


É um sucesso que Fábio Ferreira atribui ao facto de a página de Facebook da app se ter tornado viral e em poucos dias ter atingido os 100 mil likes. Choose or Die foi outro desenvolvimento bem-sucedido, que esteve no top da loja da Apple por duas semanas e alcançou os 400 mil downloads.



Da experiência acumulada com o desenvolvimento de produtos neste formato, o programador regista que "compensa muito mais lançar apps grátis com algum conteúdo pago dentro. Para publicitar apps pagas é preciso um investimento muito maior e os utilizadores preferem testar primeiro gratuitamente e depois se gostarem compram a versão completa", explica Fábio Ferreira.

Descubra a próxima aplicação

Uma app para transformar o dia a dia em estatísticas

Não são só os sinais vitais e a atividade física que podem ser medidos. Há muitos outros aspetos do dia a dia que podemos quantificar e que nos permitem conhecer mais de nós próprios, garante a Reporter App.

A proposta feita por esta aplicação para iOS pode oferecer informação útil sobre os hábitos dos seus utilizadores, com base nas respostas que vão sendo dadas pelos mesmos aos inquéritos lançados.

As perguntas podem surgir a qualquer altura. Durante o horário de trabalho, ou não, pode precisamente ser feita essa mesma pergunta: "está a trabalhar?". O objetivo é responder no momento.

Ao final de um dia, de uma semana, de um mês ou mesmo de um ano é possível "fazer contas" à informação produzida, e inclusive exportar esses dados, e ver por exemplo a que dias da semana somos mais produtivos, se passamos ou não muito tempo sozinhos, entre outros aspetos.

A aplicação é paga, custando 3,59 euros, e exige a versão iOS 7.0 ou posterior.

Descubra a próxima aplicação

Ajude a fazer um mapa da poluição sonora com o smartphone
A poluição sonora é um dos problemas dos tempos modernos pelo impacto no dia-a-dia dos cidadãos. O NoiseTube quer mapear e comparar os dados de diversas cidades e precisa da sua ajuda.
Basta ter um telemóvel com GPS e a app para começar a contribuir para o projeto que começou a ser desenvolvido em 2008 pela Sony Computer Science Lab e que gora é seguido pela BrusSense.

A aplicação está disponível de forma gratuita no Google Play e na App Store e depois de instalada permite medir o nível de ruído a que está exposto e localizar o sítio onde são registados maiores níveis de ruído, através do Google Maps.

Toda a comunidade beneficia da partilha de informação, que nunca é identificada com dados pessoais dos utilizadores, mas a ideia é que também as entidades públicas possam usar a informação para reduzir os níveis de poluição sonora nas cidades.

O vídeo abaixo faz uma demonstração do projeto.

Uma nota adicional: devido à diferença de qualidade e calibração dos microfones dos telemóveis, a aplicação não está disponível para todos os modelos Android.

Descubra a próxima aplicação

Já tem uma sopa de letras no iPhone?


É um jogo clássico com adeptos de todas as idades. Se está no leque, hoje deixamos-lhe a sugestão do Wozzle, desenvolvido por um português.





Haverá quem continue a não dispensar a forma tradicional de jogar um puzzle deste género, com recurso a papel e caneta, mas se não faz questão de manter a tradição, há cada vez mais opções do género na oferta de aplicações para as diferentes plataformas móveis.



Hoje damos nota da Wozzle Sopa de letras, criada por Marco Batista. O jogo integra uma série de puzzles distintos, onde é possível procurar palavras em diversas categorias. Comida, Animais, Países, Marcas, Pessoas ou Estilo de vida são apenas alguns exemplos.



Em cada grelha de letras vão estar escondidas nove palavras, que podem estar alinhadas nas mais diversas direções: horizontal, vertical ou mesmo na diagonal.


A aplicação pode ser descarregada gratuitamente a partir da loja de aplicações da Apple.


Chegámos ao fim da lista de sugestões, onde afinal o iOS ganha em número de apps referidas pela equipa do TeK. Mas a partir de amanhã há mais aplicações para o seu smartphone ou tablet, e o equilíbrio entre as plataformas será certamente diferente!

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.