Apesar de todos os protestos, de todas as disputas legais e de toda a incerteza que por vezes parece envolver a empresa norte-americana, a verdade mostra que a Uber ‘soma e segue’. A tecnológica anunciou que na véspera de Natal, no dia 24 de dezembro, foi realizada a viagem mil milhões.

Marvin, o passageiro, e Ara, a condutora, foram as pessoas responsáveis por este número tão redondo. A viagem aconteceu na cidade de Londres e teve um custo de cinco libras, revela a empresa em comunicado.

Tal como acontece nos filmes, as pessoas que protagonizam os marcos históricos têm sempre direito a um prémio: no caso de Marvin vai poder usufruir dos serviços Uber durante um ano sem pagar; já a motorista Ara vai poder tirar umas férias em qualquer cidade na qual a Uber opere.

“Marvin, Ara - obrigado por fazerem parte deste momento especial. E obrigado aos que viajaram com a Uber nas 999.999.999 viagens anteriores. Estamos ansiosos por partilhar com todos vocês os próximos mil milhões de viagens”, escreve a empresa no blogue oficial.

As primeira viagens da Uber remontam ao ano de 2010 quanto começou em fase beta a testar o serviço na cidade de São Francisco, nos EUA. Atualmente a empresa marca presença em 58 países e mais de 300 cidades.

 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.